27.3 C
Jacobina do Piauí
2 de dezembro de 2023
Cidades em Foco
DestaqueGeralNordeste em FocoPiauí

Caldeirão Grande: XIII Expocaboclos incentiva produção local com parcerias de formação e fomento do crédito

A Prefeitura de Caldeirão Grande do Piauí, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento e a ACOCAP, realizou, na noite desta quinta-feira (16), a abertura oficial da XIII Expocaboclos, tradicional feira de exposição de ovinos e caprinos da região.

Prefeitura de Caldeirão Grande realiza abertura oficial da XIII Expocaboclos com atrações musicais; veja fotos

O gerente do Banco do Nordeste, Fábio Cipriano, comentou que é o segundo ano onde a instituição marca presença na Expocaboclos, onde é oferecido crédito aos criadores para acelerar os negócios. De acordo com o representante, foi liberado R$ 200 mil em microcrédito urbano, R$ 100 mil aos ambulantes, R$ 400 mil para o microcrédito rural (renovações), além da expectativa de R$ 900 mil voltado para o microcrédito rural do agroamigo. A principal meta é garantir que todos tenham a oportunidade de melhorar suas criações e empreendimentos.

“Percebemos que o padrão de animais aqui é elevado. Estaremos fazendo isso hoje, ontem e amanhã, fortalecendo a caprinocultura da região, trazendo maior qualidade, um crédito barato e versátil. Esperamos que, ao longo dos anos, tragam mais expositores.

Segundo o gerente do Banco do Nordeste, há a procura de facilitar ainda mais o acesso dos criadores ao crédito. Atualmente, os interessados podem garantir o Agroamigo e crédito amigo com os agentes itinerários, bem como atendimento na Prefeitura. O projeto é de que seja implementado o serviço na Sala do Empreendedor.

O coordenador de formação profissional rural do SENAR, Marcos Paraguaçu, reafirmou o compromisso da instituição no evento, exemplificando que 60 criadores recebem assistência técnica mensal para que tenham uma boa formação.

“O SENAR é sempre muito presente na região e na Expocaboclos, apoiamos a ovino e caprinocultura não só em Caldeirão Grande, mas em todas as regiões. Nós temos um técnico que visita a propriedade dando toda a orientação de manejo, sanitária, reprodutiva e até de comercialização e pastagem. É uma série de formações que eles recebem para tornar a sua atividade viável”, explicou.

Responsável pelo julgamento dos animais, Ana Paula Rodrigues destacou a satisfação de estar no município pela primeira vez. A profissional enfatizou a riqueza encontrada em Caldeirão Grande, representando a cultura do Piauí.

“É uma satisfação muito grande estar aqui em Caldeirão Grande fazendo o julgamento de duas grandes raças muito importantes para o Nordeste Brasileiro. A expectativa é grande, sabemos que Caldeirão Grande, apesar de ser um município pequeno, destaca que o Piauí é muito rico e explora muito bem a ovino e caprinocultura. Estar no interior é enriquecedor e eu encontrei animais de muita qualidade”, afirmou.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais