30 C
Jacobina do Piauí
14 de abril de 2024
Cidades em Foco
Polícia

Estrutura de quadrilha é semelhante a de grandes facções, diz Fábio Abreu

O secretário de segurança do Estado, Fábio Abreu, acompanhou de perto as investigações em torno da prisão de seis pessoas ontem (11) na região de Assunção do Piauí, na divisa do Piauí com o Ceará, logo após a queda de um avião com pelo menos 30kg de drogas. O aparato tecnológico usado pela quadrilha e sua organização levou a polícia a suspeitar que uma grande facção estivesse dando sustentação ao grupo.

“Não gosto de citar  facção nenhuma, mas a estrutura da quadrilha é grande e esse tipo de facção é quem dar esse tipo de sustentação”, disse o secretário ao ser questionado por uma possível atuação do PCC no Estado.

 

 

Fábio Abreu confirmou que o local já vinha sendo monitorado pela polícia e que, possívelmente, o pouso de ontem seria o primeiro a ser realizado pela quadrilha. “Nós já tínhamos o local e estávamos investigando, possívelmente era o primeiro pouso que iam fazer”, diz o secretário.

 

De acordo com o gestor, os carros apreendidos eram usados também para iluminar a pista e, desta forma, orientar o piloto do avião sobre o local exato da aterissagem. “Eles se anteciparam e o piloto deve ter ficado desorientado, já que caiu não muito próximo da pista”, explica.

 

O secretário acredita  que a droga também era jogada sem a necessidade de a aeronave pousar. “A forma como a droga foi localizada é característica de ações no Mato Grosso. Eles jogam do avião. Com a intensificação das barreiras do estado, aquele era um ponto estratégico”, relata Fábio Abreu, ressaltando que mais droga pode ser encontrada na região.

 

“É um aparato muito grande para apenas 30kg. A perícia vai dizer se no avião tinha mais e por conta da explosão queimou, e estamos investigando se na mata também tem droga, já que caiu do avião”, afirma.

 

Os seis homens detidos serão encaminhados para Teresina e na capital a polícia decidirá onde colocá-los. “É necessário um local com segurança máxima como a Casa de Custódia ou em São Raimundo Nonato”, conta.

 

Fábio Abreu afirmou ainda que o proprietário da pista clandestina será notificado e que vai solicitar ao Exército a explosão do local. “Vamos acionar o Exército, Aeronautica e o proprietário da pista”, conta.

 

Na queda do avião duas pessoas morreram. Os corpos foram encontrados carbonizados. Com a quadrilha foi encontrada uma Toyota Hilux e duas Amarok, além de dois drones, combustível para avião e material de uso exclusivo na aviação.

 

 

 

 

Fonte: Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais