27.3 C
Jacobina do Piauí
15 de junho de 2024
Cidades em Foco
GeralMunicípiosPicos

Jornalista discute textos para rádio e TV com jovens comunicadores em Picos

Trabalhando as características e as diferenças de textos para rádio e TV, foi ministrado durante este sábado (27) em Picos, mais um módulo do Projeto Jovens Radialistas do Semiárido. Neste ano de 2015, o projeto mobiliza jovens de cerca de doze municípios da macrorregião de Picos, que buscam o sonho de conseguir uma profissionalização na área da comunicação.

A jornalista e professora facilitadora do módulo “Linguagem para Rádio e TV”, Samantha Petersen, trabalhou com os alunos as técnicas para escrever textos para ser falado e para ser lido, conhecimento base para os alunos que querem atuar na área da comunicação em especial, os querem ser comunicadores de rádio. A ideia é que os alunos aprendam a diferenciação entre os textos de jornais impressos, rádio e TV, e que consigam aprender a forma correta de produzi-los.

Os alunos trabalharam com jornais impressos, e em cima das informações neles contidas, produziram textos que foram discutidos e melhorados em sala de aula. “O texto é a base do radialista, então eles precisam saber trabalhar estes textos para saber passar uma boa informação. É um dos módulos principais para que eles aprendam sua importância e como trabalha-los de forma correta”, afirma a jornalista.

O fotógrafo e acadêmico de Administração na UFPI, Thiago Sousa é da cidade de Picos, e decidiu fazer parte do projeto por incentivo de egressos do curso. Segundo ele, este processo de formação trará conhecimentos que o ajudará nas duas áreas, e principalmente na área da fotografia, por ter módulos específicos. “Atuo na área de fotografia há dois anos, espero adquirir mais conhecimentos na área da comunicação e aprimorar mais a arte que me proponho a fazer. Está sendo um grande progresso em minha vida”, diz Thiago.

Assim como o Thiago, Leandro Luz, que compõe a turma do Projeto Jovens Radialistas do Semiárido na cidade de Picos também foi influenciado por ex-alunos do projeto. Acadêmico de jornalismo na UESPI, seu desejo é se desenvolver e se aperfeiçoar intelectualmente e profissionalmente para exercer a comunicação no mercado de trabalho. “Espero sair apto e realmente preparado para enfrentar os desafios da comunicação”, afirma.

Realizado pelo Instituto Comradio do Brasil, com apoio da Brücke Le Pont e patrocínio da Petrobras, o Projeto Jovens Radialistas do Semiárido tem como objetivos a redução da pobreza entre jovens e a promoção do desenvolvimento local através da utilização do rádio como um veículo a serviço da educação. O curso é reconhecido pelo MEC e possibilita que os alunos conquistem registro profissional emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, válido em todo o Brasil.

 

 

Por Fabrício Sousa / Portal Grande Picos

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais