25 C
Jacobina do Piauí
21 de maio de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralMunicípiosPaulistanaPolícia

Foragido acusado de assassinar ex-mulher é preso pela polícia em Paulistana

Por volta das 07h00min da manhã desta sexta-feira (05/12/14), na cidade de Paulistana-PI (distante 470km da capital), foi deflagrada por policiais da 5ª CIPM/PMPI, em conjunto com Policiais Militares do Núcleo de Inteligência do 5º BPM/Petrolina e ROCAM/5ºBPM, bem como uma equipe da 6ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (sede em Petrolina-Pe), mais uma Operação Policial com base no Programa Divisa Segura, que consiste numa linha de ações integradas entre Polícias de Estados vizinhos integrantes de um Comitê de Segurança Pública, a fim de fomentar a integração e as ações policiais nas divisas dos Estados, no caso, nos Estados do Piauí e Pernambuco.

 
A operação policial culminou com a prisão de Fábio da Silva Oliveira, de 33 anos, natural de Juazeiro da Bahia – Ba, em cumprimento a Mandado de Prisão expedido pela Justiça de Pernambuco, por causa do assassinato de sua ex-mulher em 19/12/2009 (há cerca de 5 anos), Idaiane Oliveira da Silva, com então 19 anos de idade à época dos fatos. Na ocasião, Fábio além de desferir dois disparos fatais, um no peito e outro na cabeça de sua ex-mulher ainda atentou contra a vida de seu ex-sogro, Cícero Raimundo da Silva, de 45 anos de idade, atingindo de raspão à altura da barriga.

 
O foragido encontrava-se refugiado na cidade de Paulistana-Pi com residência fixa e vivendo normalmente. Após levantamentos do Serviço de Informações da 5ª CIPM/PMPI, que apontavam suspeitas de envolvimento com práticas criminosas na cidade e região, foi feito um levantamento mais apurado da vida pregressa de FÁBIO, o que levou à identificação de um Mandado de Prisão em aberto pelo fato já citado, o que só foi possível com a colaboração dos Policiais Militares do Serviço de Inteligência do NIS 4/5ºBPM de Petrolina-Pe. Como também haviam suspeitas de que FÁBIO encontrava-se envolvido com comercialização de “carros clonados”, solicitou-se apoio da 6ª DPRF com sede também em Petrolina, já que essa cidade seria supostamente o destino dos referidos veículos.

IMG-20141205-WA0031
“Os órgãos de Segurança Pública quando somam suas forças possibilitam resultados mais satisfatórios e efetivos no combate à criminalidade, e temos tentado fomentar essa interação ao máximo com outras Polícias na nossa região. Isso gera da população uma sensação de segurança, que é dever primeiro de cada gestor de Segurança Pública, no nosso modesto entendimento, comentou o Comandante da Operação e da 5ª CIPM, Capitão Felipe.

 

 

 

Fonte: Cidadesnanet

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais