24 C
Jacobina do Piauí
19 de julho de 2024
Cidades em Foco
ConcursosGeralPicosPolíticaSaúde

Em discurso na Câmara, vereador Eriberto requisita concurso para a área da saúde após entrega de novo hospital de Picos

Em discurso na Câmara de Picos na tarde desta quinta-feira (16), o presidente da Casa, o vereador Eriberto, pediu à Secretaria de Saúde do Piauí a realização de um novo concurso público após a entrega do novo Centro de referência Médica, que deve ser entregue nos próximos meses, de acordo com visita do governador ao município nesta quarta-feira (15).

“O último concurso que tivemos para a área da saúde foi em 2011, quando eu fiz. Então já são mais de 10 anos que não temos um grande concurso para novos servidores do Estado, e quantos não se aposentaram e até mesmo faleceram nesse período? Espero que o governador possa aumentar o quadro efetivo da saúde pública, pois quando se tem servidores efetivos, há aumento na qualidade do serviço. Vejo essa visita de forma esperançosa”, disse o vereador.

Ele destacou a importância que o novo hospital também terá para a região com as novas especialidades.

“Gosto muito de trabalhar no Hospital Regional, mas precisamos de melhores condições de trabalho e acredito que com esses novos serviços que vêm, como oncologia e hemodinâmica, vamos ter essa mudança. A especialidade de cardiologia vai ajudar muito, pois muitas vezes uma pessoa que sofreu infarto não consegue chegar a Elesbão Veloso durante a transferência e agora tudo poderá ser feito aqui mesmo”, frisou.

Ele apelou ainda que a Sesapi volte seu olhar para os servidores do hospital.

“Que o serviço venha para a população, mas também para os funcionários, para que nós tenhamos qualidade para os servidores. É difícil trabalhar em local insalubre. Que o secretário de Saúde olhe para o servidor como parceiro, como alguém que precisa ser amparado”, pediu.

Eriberto Barros ainda ressaltou a importância da obra de restauração da PI-238, que liga Picos a Bocaina. A obra iniciou com a drenagem da rodovia, o que vai requerer tempo e paciência da população que mora na região. Sobre isso, o presidente da Câmara pediu que todos renham paciência.

“Essa obra se arrasta há muitos anos, mas espero que seja entregue no próximo ano. Continuaremos cobrando celeridade do DER. Vai demorar um pouco, porque sabemos da extensão dessa obra, mas essa drenagem é necessária para que o problema seja resolvido”, pontuou.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais