25 C
Jacobina do Piauí
21 de maio de 2024
Cidades em Foco
Geral

Piauí desperdiça 52% de água tratada, antes de chegar às torneiras

O Piauí desperdiça 52% da água tratada antes mesmo de chegar às torneiras dos consumidores. A informação é do Ministério das Cidades, após estudo realizado em 2013. A pesquisa revela ainda que o estado aparece como o 8° do Brasil em desperdício de água nas residências. A pesquisa aponta que o ideal é que o desperdício fique abaixo de 20%.

 

 

 

A principal causa do desperdício da água que não chega ao consumidor é o vazamento em adutoras, redes, ramais, conexões e reservatórios da prestadora de serviço responsável pelo abastecimento.

 

 

 

O superintendente Metropolitano da Agência de Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa), Orlando Ayres, admite que o sistema da empresa é velho, principalmente no centro de Teresina. “Nós temos redes com mais de 40 anos. Parte foi substituída, outra parte ainda não, principalmente os ramais”, explica.

 

Entretanto, o superintendente culpa ainda as ligações clandestinas realizadas na cidade. “As perdas e desperdícios que temos é a diferença entre o que nós produzimos e o que nós faturamos, o que tem sua parcela de vazamentos, mas também perdas de faturamento, que acontece, em sua maioria, devido às ligações clandestinas, os desvios, os famosos gatos”, aponta.

 

O Piauí produz, em média, 250 milhões de litros de água por dia, mas o faturamento é feito apenas sobre 116 milhões de litros, revelando o desperdício de 52,03% do volume na distribuição.

Cultura do desperdício

O Ministério das Cidades também apontou que o consumo de água por pessoa também aumentou em relação ao ano anterior. Cada habitante piauiense consome 166,3 litros por dia. A média do desperdício é:

 

 

– Torneira gotejando: 46 litros/dia
– Escovar os dentes por 5 minutos com a torneira aberta – 12 litros
– Lavar louça com torneira aberta – 110 litros
– Lavar carro com mangueira – 560 litros / 30 minutos
– Lavar calçada com mangueira – 280 litros
– Banho de 15 minutos com chuveiro elétrico – 144 litros

 

 

A reportagem da Revista Cidade Verde traz ainda o manual de boas maneiras para o uso da água e exemplos de teresinenses que tiveram grandes ideias para economizar o recurso, que é limitado. O exemplar já está nas bancas.

 

Fonte: Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais