30.1 C
Jacobina do Piauí
20 de abril de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralMunicípios

Muncípios com até 60 mil habitantes poderão deixar de pagar energia de escolas e hospitais

Os municípios com até 60 mil habitantes poderão ser isentos das tarifas de energia elétrica para escolas, postos de saúde e hospitais. É que está em análise na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 7.601/2014 que garante isenção das tarifas. A matéria prevê ainda que o valor devido às concessionárias seja convertido em crédito, que as concessionárias poderão usar para deduzir dos tributos federais que tenham que pagar.

 

O deputado Sarney Filho (PV-MA), autor do texto, argumenta que os Municípios se deparam constantemente com novas despesas. Dentre as principais, encontram-se o Piso Nacional do Magistério e dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Porém, há diversas outras obrigações municipais impostas aos entes ligadas às áreas de assistência social, saúde e educação.

 

Outro ponto ressaltado pelo parlamentar se refere aos benefícios fiscais concedidos pela União a diversos setores, especialmente o Imposto sobre Produto Industrializado (IPI). Essa é uma das principais reivindicações promovidas pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

 

Segundo o deputado, ao adotar esse tipo de política, os municípios sentem rapidamente os impactos. Isso porque o tributo compõe o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), fonte de sobrevivência em muitas cidades.

 

“Quando a União concede benefícios fiscais com impostos devidos aos Municípios, isso se reflete na receita auferida por esses entes”, destaca Sarney Filho.

Tramitação

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Minas e Energia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

 

*Com informações do CNM

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais