33 C
Jacobina do Piauí
21 de maio de 2024
Cidades em Foco
Betânia do PiauíDestaqueGeralMunicípiosPaulistana

Cinco meses depois, rodovia que liga Betânia a Paulistana segue cortada; Veja!

Cinco meses após ser cortada pela força das águas, a PI-459 segue sem conserto. Rodovia estadual que liga as cidades de Betânia e Paulistana, a cerca de 500 quilômetros da capital Teresina, a estrada rompeu em quatro trechos e permanece aguardando intervenções do Departamento de Estradas e Rodagens do Piauí (DER-PI). Os reparos, porém, ainda não têm data para ocorrer.

 

A PI-459 foi cortada em novembro do ano passado por causa da ação da águas das chuvas que banharam a região. Desde então, o tráfego entre Betânia e Paulistana é feito através de desvios ou rotas alternativas. O trânsito normal na região, entretanto, nunca foi restabelecido.

 

Além de comprometer o fluxo de veículos, o problema resulta em perigo para condutores. Em março, por exemplo, um lavrador caiu de moto em uma das crateras abertas na estrada e morreu na hora. Nem mesmo a tragédia acelerou o processo de restauração.

 

“A estrada ainda não foi consertada. O pessoal do DER já veio olhar umas duas vezes, mas a obra até agora não saiu”, comenta Gilberto José de Melo, o Didiu, prefeito de Paulistana.

 

Não é a primeira vez que a estrada que liga Betânia a Paulistana sofre com a ação da água das chuvas. Somente em 2014, a PI-459 foi cortada três vezes: primeiro, em fevereiro; depois, em março; por último, em novembro. A ex-secretária estadual da Defesa Civil, Simone Pereira, chegou a garantir que a rodovia seria recuperada ainda no ano passado, mas a obra não saiu do papel.

 

Atual diretor geral do DER, José Dias afirma que o órgão está tentando viabilizar os reparos na região. Ele destaca, contudo, que não há uma previsão para a restauração ser iniciada. “Há previsão para que neste mês a gente finalize um orçamento e apresente ao governador para que ele autorize a obra. Mas não há previsão ainda para o início das obras”.

 

De acordo com José Dias, a estrada, que foi construída pelo Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), ainda não foi recuperada por limitações do próprio Governo do Estado. “A PI-459 rompeu no ano passado. Nós só fomos autorizados a fazer alguma coisa em fevereiro deste ano”, justifica.

 

Para restaurar a estrada, o DER resconstruirá os aterros e instalará bueiros. O objetivo é evitar que a água corte a PI-459 novamente nas próximas chuvas.

 

 

 

 

Fonte: Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais