23.1 C
Jacobina do Piauí
28 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
Geral

Polícia investiga se filho de policial militar foi morto por engano no Piauí

Foto: Renato Andrade / Cidadeverde.com

O delegado Genival Vilela, do Departamento de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP), que está investigando a morte do adolescente João Gabriel Pereira da Silva, 13 anos, assassinado nesta quinta (19) no Parque Lagoas do Norte, confirma que uma das hipóteses para o crime é que ele tenha sido confundido.

“Não sabemos exatamente se o alvo dos criminosos era realmente o menor ou se ele teria sido confundido com uma outra pessoa. De qualquer forma pela cena do crime não é aquele caso que foram atirar em alguém e pegou em um terceiro, não. Eles foram e atiraram no menor. Resta saber se o menor era realmente quem eles pensavam”, declarou.

De acordo com o delegado, o adolescente foi atingido por seis disparos tiros, que foram efetuados por um indivíduo que se aproximou em uma bicicleta. A vítima brincava de bicicleta com um amigo quando foi atingido.

“Segundo foi apurado inicialmente, foram dois indivíduos em uma bicicleta. A vítima estava brincando de andar de bicicleta quando foi atingida por um dos indivíduos. A vítima estava acompanhada de um amigo, esse amigo fugiu, mas chegou a presenciar o crime”, disse.

O corpo do adolescente foi velado na manhã desta sexta-feira (20), na residência dos avós, no bairro Matinha, também na zona Norte de Teresina. O velório foi marcado por muita comoção. Ele morava com a mãe no bairro São Joaquim e, segundo os vizinhos, costumava frequentar aquela praça para andar de bicicleta.

Por Roberto Araujo / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais