23.9 C
Jacobina do Piauí
24 de abril de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralGervásio de Oliveira

Atraso em prestação de contas leva TCE a pedir bloqueio de contas de 26 prefeituras no Piauí

Foto: Divulgação/TCE-PI

atraso na prestação de contas de 34 gestores municipais provocou o pedido do bloqueio das contas de prefeituras e câmara municipais no Piauí no mês de fevereiro, segundo o Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). Ao todo, foram 26 prefeituras e oito câmaras municipais que ficaram inadimplentes.

A Diretoria de Fiscalização de Gestão e Contas Públicas (DFContas), com auxílio da Divisão de Fiscalização de Previdência Pública (DFPessoal), explicou que o pedido foi em razão da inadimplência destas entidades quanto ao envio de suas prestações de contas ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) referente ao período de janeiro a dezembro de 2023.

Com o pedido, os processos foram distribuídos aos relatores que, ao verificar que a inadimplência permanecia, determinaram o bloqueio das contas das inadimplentes. Um levantamento da corte de contas aponta que a maioria dos gestores já regularizou sua situação com o envio das prestações de contas. As prefeituras de Bom Princípio do Piauí e de São Gonçalo do Piauí continuam bloqueadas.

“A iniciativa é consequência do acompanhamento contínuo do envio de documentação ao TCE, tais como extratos bancários, demonstrativos da Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, informações contábeis, folhas de pagamento, comprovantes de recolhimento de contribuições aos Regimes Próprios de Previdência, entre outras”, disse o TCE.

Municípios sem catadores de lixo

No Piauí, um levantamento divulgado na terça-feira (12) pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) aponta que, dos 224 municípios piauienses, 123 não contam com o serviço diário de catadores de materiais recicláveis. Ao todo, há aproximadamente 994 profissionais em todo o estado.

Os resultados revelaram que as microrregiões Entre Rios e Cocais concentram o maior contingente de catadores, com Teresina liderando o ranking, seguida por Piripiri, Pedro II, Picos, Parnaíba, José de Freitas, Batalha, União, Esperantina e Simplício Mendes.

Com informações do TCE Piauí

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais