26.9 C
Jacobina do Piauí
17 de julho de 2024
Cidades em Foco
GeralInternacionalNordeste em FocoPolítica

“A carapuça do Bolsonaro está caindo”, diz Dudu após acusação da Polícia Federal

Jair Bolsonaro - Foto: Alan Santos/PR

O vereador Edilberto Borges (PT), Dudu, fez duras críticas ao ex-presidente, Jair Bolsonaro, após a Polícia Federal (PF) concluir que aliados Bolsonaro montaram uma “operação de resgate” para recuperar parte das joias sauditas que foram desviadas durante o governo dele.

A conclusão está no relatório no qual a PF indiciou o ex-presidente e mais 11 acusados de participar do suposto esquema. O sigilo do relatório foi retirado nesta segunda-feira (8) pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso.

De acordo com a Polícia Federal, parte das joias estava em lojas nos Estados Unidos à espera de compradores, mas foram resgatadas às pressas e enviadas ao Brasil após matérias jornalísticas informarem que a corporação investigava o esquema de venda ilegal dos itens e o Tribunal de Contas da União (TCU) determinar a devolução dos bens, em marco de 2023.

Dudu afirmou que a real imagem do ex-presidente estaria sendo revelada.

“A carapuça, a carapaça e a farsa está caindo. Ele era o ícone da verdade, o dono da verdade, o puritano. O que eu fico impressionado não é com ele, isso a gente já sabia, ele foi um deputado federal de oito mandatos que não propôs uma lei no congresso. Como presidente o que ele propôs foi dizimar 700 mil brasileiros na pandemia”, afirmou.

DuduVereador de Teresina

Os investigadores da Polícia Federal conseguiram rastrear pelo menos três kits de joias que foram resgatados. Um kit masculino da marca Chopard foi retirado da loja Fortuna Auctions, localizada no estado de Nova Iorque. Um segundo kit, que contém um relógio Rolex de ouro branco, estava em um estabelecimento em Miami e foi retirado pelo ex-ajudante de ordens de Bolsonaro Mauro Cid. O terceiro conjunto de esculturas presenteadas por autoridades do Bahrein estava na casa do pai de Mauro Cid, Mauro Lourena Cid, general da reserva do Exército, que morava na cidade norte-americana.

Dudu criticou o fato dos Bolsonaristas defenderem o ex-presidente.

“É um farsante que agora a população está sabendo do desvio dele, a formação de uma quadrilha para desviar o patrimônio do povo do Brasil em benefício próprio. R$ 6,8 milhões só em patrimônio que foi rastreado agora pela federal. O que mais impressiona não é nem isso, que a gente esperava daí para pior, impressiona é ter gente, uns bolsominios que ainda defendem e acham que isso aí é coisa normal. O Brasil está sendo passado a limpo e conhecer esse grande fake news que foi o Bolsonaro”, concluiu.

Jóias de Bolsonaro que teriam sido desviadas - (Reprodução Twitter)Reprodução Twitter

Jóias de Bolsonaro que teriam sido desviadas

Defesa de Bolsonaro nega

A defesa de Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (8) que o ex-presidente não tinha “qualquer ingerência” sobre os presentes recebidos durante as viagens presidenciais.

A manifestação dos advogados foi divulgada após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirar o sigilo do relatório no qual Bolsonaro e mais 11 investigados foram denunciados pelo desvio de joias sauditas recebidas durante o governo do ex-presidente. Os desvios, segundo a PF, podem chegar a R$ 6,8 milhões.

Segundo os advogados Paulo Bueno e Daniel Tesser, os presentes são recebidos pelos Gabinete Adjunto de Documentação Histórica (GADH), setor da Presidência da República, e sofrem rígido tratamento de catalogação, sobre o qual não há ingerência do presidente.

“Todos os ex-presidentes da República tiveram seus presentes analisados, catalogados e com sua destinação definida pelo GADH, que, é bem de se ver, sempre se valeu dos mesmos critérios empregados em relação aos bens objeto deste insólito inquérito, que, estranhamente, volta-se só e somente ao governo Bolsonaro, ignorando situações idênticas havidas em governos anteriores” disse a defesa.

Fonte: O Dia

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais