24.5 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralNordeste em FocoPiauí

Projeto da UFPI utiliza Inteligência Artificial no aprendizado de novas línguas

Foto: Ascom/UFPI

O impacto da Inteligência Artificial (IA) no auxílio da atividade humana, gerou o desenvolvimento da Plataforma LEIA, baseada no ensino da Língua Portuguesa, Inglês e Espanhol, e que usa a Inteligência Artificial por meio de uma abordagem inovadora, evitando confusões na transferência de processos linguísticos. O projeto tem sido desenvolvido pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).

O projeto surgiu como resultado de uma pesquisa acadêmica que teve início em um mestrado e se desenvolveu ao longo de um doutorado da professora Aratuza Rocha, com co-orientação do professor Fábio Rocha, da UFPI. Ao longo de uma década, essa pesquisa evoluiu para uma metodologia de aprendizado baseada em literatura, visando evitar erros comuns relacionados à transferência de conhecimento da língua materna para a língua-alvo.

O próximo passo foi a criação da plataforma LEIA, utilizando Inteligência Artificial para avaliar o progresso dos alunos, que oferece um acompanhamento avaliativo contínuo, adaptando a dosagem de aprendizado à medida que os alunos progridem, promovendo uma experiência única.

“A plataforma se destaca como uma ferramenta que não apenas ensina, mas fornece dados valiosos para supervisores, professores, diretores e pais, permitindo uma compreensão mais profunda dos desafios e avanços no aprendizado de línguas”, afirmou o professor Fábio Rocha.

A plataforma está na fase final de testes laboratoriais, a previsão é que na metade de 2024 ela seja implantada para testes em escolas públicas e privadas para então ser lançada no mercado.

Com informações da UFPI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais