26.9 C
Jacobina do Piauí
17 de julho de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralQueimada Nova

Prefeitura de Queimada Nova promove 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF em ação intersetorial; veja fotos

Fotos: Rafael Ascom

A Prefeitura de Queimada Nova do Piauí, juntamente com a comissão intersetorial, realizou nesta quarta-feira (12), o 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF. A programação foi organizada na Câmara Municipal, marcando a presença da primeira-dama Tereza Cristina, secretários, vereadores e representantes do projeto na cidade.

O projeto é organizado em todo país e, no semiárido brasileiro, atende nove municípios (Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe). O principal objetivo é colaborar com estratégias e garantir políticas públicas para as crianças e adolescentes.

A agenda iniciou com a explanação da metodologia do Selo UNICEF, além da apresentação de trabalhos em grupo com mobilizadores da saúde, educação, assistência social, NUCA e conselho tutelar. Para encerrar, foi feita uma apresentação de cordel.

O município de Queimada Nova recebeu a certificação no final de 2020, atendendo a um dos primeiros pedidos da gestão de Raimundo Júlio. A secretária de Assistência Social, Elidiane Macedo, destacou o trabalho conjunto das secretarias para enfrentar o desafio de continuar com o projeto ativo e boas projeções da segunda conquista.

“O Selo UNICEF é uma certificação que estamos engajados, principalmente na assistência social, educação, saúde e Núcleo de Crianças e Adolescentes (NUCA). É muito gratificante chegar até aqui, porque é um processo demorado. Foi um desafio muito grande, mas nós enfrentamos juntos, com nossa rede de apoio, e estamos rumo à nossa segunda certificação. Toda a gestão faz um trabalho sério e digno em todas as secretarias”, destacou.

A secretária de Educação, Edleusa Amorim, ressaltou que muitas cidades desistem da conquista pelos critérios de avaliação e atividades a serem desenvolvidas, mas o reconhecimento vale a pena, pois destaca o município para o Brasil em questão de administração para educação, assistência social e saúde das crianças e adolescentes.

“Muitos municípios gostariam de ter, mas desistem, até porque são muitas atividades para serem feitas. Só a Secretaria de Assistência Social não consegue, porque é intersetorial. Estamos todos nós aqui para conseguir. O selo ganha reconhecimento pelo Brasil todo, porque é certo que está cumprindo com o papel de gestão pública. Estamos mais uma vez nessa etapa”, pontuou.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais