27.3 C
Jacobina do Piauí
15 de junho de 2024
Cidades em Foco
GeralPolítica

Prefeitos do extremo Sul do Piauí reivindicam mais segurança para região

Prefeitos do extremo Sul do Piauí estão assustados com a violência na região. Preocupados com os altos índices de crimes, eles planejam uma reunião com secretário estadual de Segurança, Fábio Abreu. O desejo é aumentar o policiamento em cidades como Curimatá, Redenção do Gurgueia, Riacho Frio, Avelino Lopes, Morro Cabeça no Tempo, Parnaguá e Júlio Borges.

“Estamos precisando urgentemente de segurança no extremo Sul. Há roubos de motos e assaltos pessoas e comércios praticamente todos os dias. E a população ainda acha que os culpados são os prefeitos. Mas segurança pública é responsabilidade do Governo do Estado”, desabafou Reidan Kleber Maia de Oliveira (PMDB), prefeito de Curimatá, a 775 quilômetros de Teresina.

Segundo Reidan, uma moto foi roubada em Curimatá nesta quinta-feira (16). Além disso, uma pessoa foi assaltada na estrada que liga Avelino Neiva a Morro Cabeça do Tempo. “Nesse assalto, levaram R$ 20 mil”, comentou o prefeito. “Estamos totalmente desassistidos na nossa região. Do jeito que está, não tem condição”, complementou.

O principal desejo dos prefeitos da região é ver aumentar o policiamento nas cidades. “Estamos tentando marcar uma audiência com o secretário Fábio Abreu. São cerca de 50 mil pessoas afetadas nessas cidades. A gente fica sem ter por quem buscar. O policiamento é pequeno. O que a gente quer é que aumente o efetivo e o número de viaturas. Tem cidade polo onde os carros da polícias não prestam mais e são verdadeiras sucatas”.

 

Fonte: Flávio Meireles / Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais