25 C
Jacobina do Piauí
21 de maio de 2024
Cidades em Foco
GeralPolícia

Piauí está em nono lugar no ranking de mortes por arma de fogo

O levantamento realizado pela Unesco em parceria com o Governo Federal mostra que existem 15,2 milhões de arma no país, sendo 3,8 milhões nas mãos de criminosos. O “Mapa da Violência 2015 – Mortes Matadas por Armas de Fogo”, traz ainda que- de 2002 a 2012- tem crescido o número de jovens assassinados, com idade entre 15 e 29 anos. O Piauí ocupa o nono lugar no ranking.

No relatório consta que em 2002, 158 pessoas morreram em decorrência de disparos de armas de fogo; Em 2012, esse número subiu para 353, o que representa um aumento de 123,4% no período.

“Diminuir esses números é um grande desafio para o Piauí. O que temos para impedir a circulação de armas é a revista pessoal o que é insuficiente para evitar a grande circulação de armas. Ainda, quando era deputado federal, propus que houvesse um maior controle nas grandes fábricas do país, que é de onde saem os armamentos”, disse Fábio Abreu, secretário de Segurança.

O gestor conta ainda que a bonificação aos policiais do Estado que apreenderem armas será mais um incentivo para aumentar o número de apreensões.

 

Reajuste salariais
Em entrevista ao Notícia da Manhã, nesta sexta-feira (15), Fábio Abreu falou ainda sobre o reajuste salarial dos profissionais de segurança no Piauí e disse que o Governo apresentará uma nova proposta.

“Nessa semana, propusemos que o aumento salarial fosse feito em quatro vezes, mas os policiais não aceitaram. Amanhã será apresentada uma nova proposta que deve solucionar o problema. Estou do lado da categoria, que tem que ter melhores condições de trabalho, mas por outro lado, tem que se pensar no caixa do Estado. Encontraremos uma solução pacífica”, disse Abreu.

 

Graciane Sousa / Cidade Ver

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais