24.5 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralInternacional

O perigo do monóxido de carbono: gás sem cor pode provocar morte. Saiba como prevenir

Foto: Reprodução

A inalação de monóxido de carbono (CO) é apontada como uma das principais suspeitas para a morte de quatro jovens em Santa Catarina no início deste ano. Com o motor do carro ligado, para manter o ar condicionado com o veículo parado, eles consumiram o gás, conforme indicam os laudos preliminares da perícia.

O caso, logo na virada do ano, acendeu o alerta para o perigo em se respirar o tipo de gás, que não tem cheiro nem cor. O CO é eliminado pelos escapamentos de veículos, independente do tipo de combustível – gasolina, diesel ou álcool. Ele também é produzido em outros processos de combustão. Se existe fogo, existe também a produção do gás, conforme avalia o médico Alfredo Schmid-Hebbel Bush.

“Um fogo a lenha, um fogão, um forno, um aquecedor a gás, uma lamparina querosene ou um carro. Qualquer coisa”, afirma.

O tipo de gás impede a absorção de oxigênio, e apresenta alguns sintomas, conforme revela o especialista: “Dor de cabeça, náuseas, sonolência e confusão. Em uma fase intermediária, a pessoa pode ter falta de ar, dor no peito e pode até entrar em coma”.

Como evitar riscos

Como forma de cuidado, é necessário checar a possibilidade de emissão do gás, para que ele não seja consumido. No caso de carros, a recomendação é voltada para a revisão dos veículos.

“Se existe vazamento desses gases na parte frontal do veículo, esses gases acabam podendo ser conduzidos para o interior do veículo através dos dutos de ventilação do ar condicionado, e aí que mora o grande perigo para a saúde”, aponta o gerente de produção Maicon Alexandre.

A maior dica dos profissionais de segurança também é de não permanecer em locais totalmente fechados e sem circulação de ar. Caso identificado algum vazamento, a recomendação é voltada para não ter contato.

“A primeira coisa a fazer é abrir todas as janelas, portas, ventilar aquele ambiente e desligar o possível foco de produção de monóxido de carbono. Então, desligar a churrasqueira, fogão, ou qualquer coisa que esteja produzindo combustão”, declara Alfredo Schmid-Hebbel Bush.

Fonte: SBTNews

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais