24.3 C
Jacobina do Piauí
28 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralPicosPolítica

Mais de 20 secretários e gestores da prefeitura e do estado vão deixar cargo para disputar eleição no Piauí

Fotos arquivos Cidadeverde.com

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (Republicano) e o governador Rafael terão que fazer mudanças na equipe, tanto no primeiro como no segundo escalão, devido às eleições municipais.

No levantamento do Cidadeverde.com, um total de 22 gestores terão que deixar suas pastas para disputarem os cargos de prefeito, vice ou vereador em Teresina e interior do estado.

Para não prejudicar o andamento dos órgãos, o prefeito colocará nos cargos, secretários executivos para a continuidade dos projetos e não destoar a questão política-administrativa.

Dr. Pessoa faz mistérios, mas deixa claro a disposição para atrair novos aliados para o bloco que está montando.

Prazos para a desincompatibilização:

Os secretários de estado e municipais – ou membros de órgãos congêneres – que quiserem concorrer a uma vaga de vereador devem se afastar seis meses antes do pleito (abril).

Já para a vaga de prefeito ou vice-prefeito, o prazo para os secretários municipais (incluídos aqui também os secretários estaduais) se desligarem do cargo é de quatro meses (junho).

No caso de servidores públicos, estatutários ou não, a Justiça Eleitoral determina o prazo de desincompatibilização de três meses (julho) para a disputa do cargo de prefeito, vice-prefeito e vereador.

Se os ocupantes do cargo de diretor de departamento municipal estiverem interessados em se candidatar a uma vaga de vereador, devem se afastar seis meses antes das eleições.

Caso o pré-candidato continue exercendo a função que ocupa após o prazo definido pela legislação eleitoral, ele incorre na chamada incompatibilidade, que é uma das causas de inelegibilidade previstas na Lei Complementar n° 64/1990.

Veja lista dos gestores que irão sair do cargo: 

Governo do estado

Pablo Santos (Secretário Estadual de Turismo) – é pré-candidato a prefeito de Picos.
Alderico Tavares – diretor na Sesapi – já saiu do cargo para disputar a prefeitura de Joca Marques.
Clemilton Queiroz (PT) – diretor da Agespisa – é pré-candidato a prefeito de Amarante;

Daniel Carvalho – diretor da escola de trânsito do Detran- pré-candidato a vereador de Teresina.

Gestores municipais que podem sair para disputar as eleições: 

James Guerra (Semduh)
Ronney Lustosa (Secretário de Administração)
Renato Berger (Semel)
Caio Bucar (Prodater)
Marcio Allan (Semcaspi)
Karla Berger (Secretaria das Mulheres)
Neto do Angelim (Fundação Monsenhor Chaves)
Valdemir Virgino (Secretaria da Juventude)
André Pereira(Coordenador de Direitos Humanos)
Luís André (Meio Ambiente)
Roncalli Filho (Saad Centro)
Gustavo Gaioso (Saad Leste)
Paulo Roberto da Iluminação
Carlos Ribeiro (Defesa Civil)
Juca Alves (Coordenador de asfaltamento da Eturb)
Jeová Alencar (SAAD Sul)
Lucas Pereira (assessor especial e ex-secretário de Comunicação)
Nouga Cardoso (Semec)

Fonte: Yala Sena  / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais