28.1 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralPiauíPolítica

Fundeb Piauí: Secretário diz que governo gastou 74% com salário de servidores

Secretário de Fazenda do Piauí, Emílio Jr - Foto: Assis Fernandes/ O DIA

Em meio a protestos de professores e trabalhadores da educação quanto aos valores pagos na última parcela de bonificação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o Secretário de Fazenda do Piauí, Emílio Jr, confirmou que o estado ultrapassou o limite legal estabelecido de 70% dos gastos com a verba do Fundeb para pagamento salarial de servidores da rede estadual de ensino.

De acordo com o gestor o Piauí gastou mais de 74% com os trabalhadores do sistema educacional. No final de dezembro o governo pagou mais R$ 10 milhões referentes à última parcela da bonificação quadrimestral do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), para mais de 29 mil servidores da Educação.

Em 2023, foram efetuados quatro pagamentos de abono Fundeb que somaram mais de R$ 80 milhões, superando o índice legal de 70%. O primeiro pagamento foi em fevereiro, no valor de R$ 35 milhões, como um complemento ao valor pago em dezembro de 2022.

O segundo pagamento foi em julho, como a primeira parcela de bonificação quadrimestral de 2023, o valor repassado foi de R$ 17 milhões. O terceiro pagamento foi em outubro, referente a segunda parcela da bonificação quadrimestral, no valor de R$ 19 milhões. O último pagamento em dezembro referente à terceira parcela da bonificação quadrimestral no valor de R$ 10 milhões.

Emílio Jr confirmou que o percentual pago entre salários e bonificações superou a meta legal estipulada.

“Na legislação do Fundeb o estado é obrigado a gastar no mínimo 70% com parte de remuneração dos profissionais da educação. A gente está finalizando os ajustes para determinar isso, mas nós já temos uma ideia de que os gastos superaram 74%, então com certeza o estado cumpriu esse dever legal em relação a esse item do Fundeb”

Emílio JrSecretário de Fazenda

Valores detalhados

De acordo com a Secretaria de Educação os servidores receberam valores proporcionais às classes do Magistério, por exemplo, professores efetivos com carga horária de 40h e que possuem doutorado receberam ao longo desse ano um total de R$ 5.000,00, sendo R$ 2.000,00 em julho, R$ 2.000,00 em outubro e R$ 1.000,00 em dezembro.

Já professores 40h com Mestrado receberam um total de R$ 4.000,00, sendo R$ 1.600,00 em julho, R$ 1.600,00 outubro e R$ 800,00 em dezembro. Professores 40h com especialização R$ 3.000,00, sendo duas parcelas de R$ 1.200,00 e uma de R$ 600,00. Professores com Licenciatura R$ 2.000,00, sendo duas parcelas de R$ 800,00 e uma de R$ 400,00. Já os professores 20h receberam valores proporcionais à carga horária.

Por fim os servidores administrativos e professores temporários também receberam a bonificação, em valores que somando as três parcelas variaram de R$ 1.000,00 a R$ 2.000,00” detalhou.

Com informações SEDUC

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais