24.5 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralNordeste em FocoPiauíPolícia

Dupla é presa suspeita de roubar veículos e agredir motoristas de aplicativo

A Operação Aplicativo II prendeu nesta quinta-feira (4) dois homens suspeitos de praticarem roubos contra motoristas de aplicativos na cidade de Teresina, principalmente com uso de agressões. As prisões foram cumpridas Departamento de Roubo e Furto de Veículo (DPRV). Os presos são suspeitos de participação em pelo menos 15 roubos a veículos.

O delegado Marcelo Dias afirmou que foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão na região do Parque Universitário, na zona Leste.

Essa é a segunda etapa da Operação Aplicativo I, que em novembro de 2023 apreendeu cinco menores. O delegado explicou que agora foram presos dois adultos que faziam parte do mesmo grupo criminoso.

“Eles chamavam os motoristas de aplicativos, usando nomes falsos.  Quando o motorista chegava, eles abordavam e aí cometiam o crime, inclusive chegaram a amordaçar algumas vítimas. Já tínhamos apreendidos seis menores e agora prendemos dois maiores”, explicou.

Eles agiam na região do Parque Universitário, onde os suspeitos também moravam. Os crimes ocorriam com bastante violência.

“Algumas situações ocorreram com bastante violência, teve uma situação onde eles puxaram uma faca, outra em que teve disparos, eles também davam gravatas no pescoço, e até caso onde colocaram uma vítima no porta-malas, então eles agiam com muita violência”, disse o delegado Marcelo Dias.

Os dois presos são investigados por pelo menos 15 roubos a veículos na capital. Um dos presos chegou a apresentar um nome falso e também será autuado por crime de Falsa Identidade.

Como os criminosos atuavam

O grupo criava perfis com nomes falsos nos aplicativos, antes de solicitar as viagens. “Ao chegar no local, o motorista se deparava com muitas pessoas e era rendido com violência. As vítimas eram amarradas, agredidas e algumas colocadas no porta-malas do veículo.

A investigação apontou que os veículos roubados eram utilizados para realizar assaltos. “Praticamente todos os veículos roubados por esse grupo foram recuperados. Eles usam os carros para praticar outros crimes”, explica.

A investigação segue e o DRFV espera fazer novas prisões.

Por Bárbara Rodrigues / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais