24.3 C
Jacobina do Piauí
28 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralInternacionalPolícia

Carro de ex que esfaqueou vendedora em plena luz do dia é encontrado e passa por perícia no Piauí

Foto: Adriana Magalhães/ cidadeverde.com

O carro dirigido por Eduardo Alves da Luz, de 43 anos, no momento em que ele esfaqueou a ex-mulher em plena luz do dia no bairro Parque Piauí, na zona sul de Teresina, foi localizado pela polícia.

A equipe de investigação de feminicídio do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa – DHPP localizou ainda na quinta-feira (07) o veículo de cor prata próximo à Avenida São Francisco no bairro Comprida, zona sudeste de Teresina. O automóvel foi periciado e levado para o DHPP, onde permanece na manhã desta sexta-feira (08).

Eduardo Alves da Luz foi flagrado por câmeras de segurança desferindo facadas contra a vendedora Joana D’ark de Alencar, de 34 anos, que estava sentada em uma calçada enquanto aguardava a loja em que trabalha abrir.

Segundo familiares da vítima, o autor do crime conseguiu desferir 7 facadas contra Joana utilizando uma faca tipo peixeira. Ferida, a vítima foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do Promorar e em seguida foi transferida para o Hospital de Urgência de Teresina. Enquanto recebia atendimento, Joana muito assustava falava para os familiares “Eduardo me matou”.

De acordo com a polícia, quando foi ouvida, Joana descreveu que morava junto com Eduardo há apenas seis meses e há 8 dias estava separada do autor da agressão. A vítima também relatou que o relacionamento era marcado por violência física, bem como assédio moral e que inclusive por várias vezes ela tinha lesões de espancamento pelo corpo.

Inclusive a vendedora havia registrado boletim de ocorrência relatando agressões físicas há 12 dias. Na queixa feita à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher no último dia 25 de novembro, Joana D’ark relatou que Eduardo Alves a agarrou pelos cabelos e a arrastou pela casa onde moravam, localizada no bairro Parque Piauí, na zona sul de Teresina.

Por Adriana Magalhães e Marina Sérvio / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais