26.8 C
Jacobina do Piauí
22 de junho de 2024
Cidades em Foco
GeralNordeste em Foco

Cajuína e opala do Piauí ganham selo e integram mapa de produtos certificados

A cajuína piauiense e as joias produzidas com as pedras de opala originárias do município de Pedro II (195 Km ao Norte de Teresina) integram, a partir de hoje (19), o Mapa das Indicações Geográficas do Brasil.

Criado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o mapa tem como objetivo indicar a localização de procedência e garantir a qualidade dos produtos. Em todo o Brasil, 15 estados integram mapa e tiveram concedidos selos de qualidade a produtos tipicamente locais.

A exemplo da cajuína e da opala de Pedro II, que possuem características únicas e modo de produção próprio no território piauiense, outros 37 produtos também estarão certificados por Indicação de Procedência (IP) e Denominação de Origem (DO). A primeira faz referência à forma única de fabricação de um produto em certa região, enquanto a segunda certificação diz respeito a características próprias do local de onde a matéria prima é extraída, como o clima.

De acordo com o IBGE, o objetivo da criação do mapa e da concessão dos selos é garantir que o consumidor tenha certeza de adquirir um produto de qualidade pela sua procedência e com processo de fabricação diferenciado. Com isso, segundo o Instituto, busca valorizar a cultura local e incentivar atividades turísticas.

A elaboração do mapa é fruto de uma parceria com o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O mapa integra as informações referentes aos selos de qualidade e às garantias de procedência de produtos nacionais, chamados Selos de Indicação Geográfica, localizando as regiões de origem dos 39 produtos e serviços nacionais certificados.

Clique aqui e veja o mapa completo.

 

Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais