24.5 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralPolítica

86% dos municípios do Piauí não oferecem acesso a informação

Apesar de ter entrado em vigor no ano de 2012, a Lei de Acesso a Informação encontra dificuldades para ser cumprida em todo o Brasil. Levantamento do Programa Interlegis, do Instituto Legislativo Brasileiro, aponta que 49,2%, ou seja, mais de 2.800 câmaras municipais brasileiras não têm site na internet.

São mais de 70% das Câmaras de Vereadores da região Norte, 63% no Nordeste, 40% no Centro-Oeste e 38% nas regiões Sul e Sudeste. No estado do Piauí, por exemplo, o estudo apontou que 86% das câmaras municipais de vereadores não possuem suas páginas virtuais, totalizando 193 municípios.

Os dados indicam o descumprimento das leis de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar 101/2000), de Transparência (Lei Complementar 131/2009) e de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011). “O não cumprimento das regras pode gerar penalidades, e as câmaras nessa situação acabam impedindo o acesso dos cidadãos aos seus representantes”, declara a senadora Regina Sousa (PT-PI).

Para mudar essa realidade, a senadora apresentou no Senado o pedido para realização das oficinas do Interlegis no Piauí, nos meses de junho e julho, em datas a definir, visando capacitar servidores e implantar os sites das casas legislativas municipais. A senadora esteve nesta quinta-feira, 07, com o diretor do ILB, Helder Rebouças, para tratar do assunto.

O ILB vai oferecer oficinas tecnológicas de Portal Modelo e Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL). A oficina para uso do Portal Modelo é uma a ferramenta que permite a criação de sites de câmaras. A instrução prevê treinamento em gestão de conteúdo, administração e customização do portal. O Senado oferece gratuitamente a hospedagem desses sites.

 

Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais