27.3 C
Jacobina do Piauí
26 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralPolícia

Servidor da Ufpi é preso suspeito de estuprar afilhada e prima em Teresina

Foto: Polícia Civil

Um servidor da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) foi preso na manhã desta quarta-feira (24) suspeito de estupro de vulnerável contra a própria afilhada. Wesley Geraldo Sampaio da Nóbrega, de 46 anos, é analista da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da instituição e teve o mandado de prisão temporária cumprido no momento em que chegava para trabalhar no local.

A vítima é uma adolescente de 15 anos que teria sido abusada pelo padrinho quando tinha entre 5 e 10 anos.

A adolescente foi ouvida na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e deu detalhes de como tudo acontecia. Segundo ela, o padrinho se propunha a buscá-la na casa da mãe para passear, mas antes dos passeios praticava a violência sexual. Ainda segundo o depoimento, o suspeito oferecia presentes para comprar o silêncio da vítima, inclusive celulares.

O caso foi descoberto devido ao comportamento da adolescente, que passou a se mostrar extremamente nervosa e incomodada com a presença do padrinho. Ela relatou os abusos em conversa com uma familiar.

“O acusado se aproveitava da oportunidade e da confiança da família. Ele levada a vítima para shoppings, parques e abusava dela desde os seis anos de idade. Com as provas robustas, a gente representou pela prisão temporária dele”, relatou a delegada Lucivania Vidal, titular da DPCA.

Ainda segundo a delegada, Wesley era considerado foragido. Ele havia mudado de endereço e estava atuando em teletrabalho nas últimas semanas. “Ele, sabendo das investigações, saiu de Teresina e com os nossos levantamentos, a gente descobriu que ele estava morando em Timon”, disse.

Wesley Geraldo Sampaio da Nóbrega prestou depoimento na sede da DPCA e deve ficar à disposição do poder judiciário.

Foto: TV Cidade Verde

.

Procurada, a Universidade Federal do Piauí se manifestou sobre a prisão do servidor através de nota:

Diante das notícias de que um servidor da Universidade Federal do Piauí foi conduzido por oficial de justiça, a Instituição informa que não tomou conhecimento oficialmente dos fatos veiculados que resultaram na condução. Por tratar-se de fatos da vida privada do servidor, a UFPI aguardará a conclusão do trabalho das autoridades competentes para proceder aos encaminhamentos institucionais.

Outro caso

A TV Cidade Verde apurou que Wesley Geraldo Sampaio da Nóbrega também responde por outra acusação de estupro de vulnerável contra uma menina, que seria filha de uma prima dele. O crime teria acontecido na cidade de Picos e está sob investigação da Polícia Civil.

Fonte: Natanael Souza, Adriana Magalhães e Tiago Melo (TV Cidade Verde)

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais