18 de abril de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeral

Seduc libera em Brasília R$ 23,7 milhões para obras nas escolas públicas

A secretária da Educação, Rejane Dias, participou de reuniões, na manhã de hoje, em Brasília, onde conseguiu a liberação de um total de R$ 23,7 milhões em recursos para obras para a educação no Estado. Destes, R$ 8,7 milhões estavam bloqueados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 15 milhões são relativos a projetos do Plano de Ações Articuladas (PAR), do Ministério da Educação (MEC).

Os recursos do FNDE são referentes a obras financiadas pela entidade, mas que estavam bloqueadas por incoerência ou falta de informações prestadas ao Sistema do Ministério (Simec). São dados referentes a medições, pagamentos e andamento de diversas obras em todo o Estado, como a construção de novas escolas, quadras cobertas, ampliações, entre outras.

 

A maioria é de obras concluídas e não pagas devido ao bloqueio, ou estão próximas da conclusão. “Conseguimos desbloquear boa parte e, agora, poderemos pagar as empreiteiras que estão com as obras atestadas”, declarou a secretária da Educação, Rejane Dias.

Escola Técnica.

Os recursos do PAR são para novos projetos apresentados pela Seduc. A principal delas é a construção da segunda escola técnica padrão MEC em Teresina, que tem custo de R$ 10 milhões. Atualmente existe uma unidade próxima de ser concluída no bairro Renascença, na zona Sudeste, além de outra na cidade de Esperantina. As escolas técnica padrão MEC possuem auditório, teatro de arena, refeitório, quadra poliesportiva coberta, 12 salas de aula, seis laboratórios básicos e outros dois de grande porte, além de área de vivência.

“A Seduc estava sem acesso a esses recursos a novos projetos também por pendências. Felizmente estamos contornando a maioria deles”, comentou o superintendente de Gestão, Helder Jacobina.

 

 

Cidade Verde

 

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais