26.7 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralNordeste em FocoPiauíPolítica

Projeto de Lei “Menandro Pedro” prevê exigência de atestado cardíaco para idosos em corridas

Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) - Foto: Cidades em Foco

Tramita na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) um projeto de lei que, se aprovado, estabelecerá requisitos específicos para a participação de idosos em corridas e maratonas no estado. O projeto, denominado “Menandro Pedro”, propõe que os participantes, com idade acima de 60 anos, apresentem um atestado de saúde e cardíaco para garantir a participação em eventos esportivos desse tipo.

“Os organizadores de corridas, maratonas e eventos esportivos similares devem exigir dos participantes com idade igual ou superior a sessenta anos a apresentação de atestado médico recente, com validade máxima de seis meses, que comprove aptidão física e cardíaca para a prática do esporte”, descreve a proposta de lei.

A matéria, apresentada pelo deputado Henrique Pires (MDB), ainda prevê que a não apresentação do atestado impedirá a participação do idoso no evento esportivo.

“O projeto de lei “Menandro Pedro” atua em consonância com as políticas de saúde pública e com o Estatuto do Idoso, reforçando a importância de cuidados especiais com essa faixa etária especialmente em situações de esforço físico elevado. A implementação desta legislação não é apenas um tributo à memória do Delegado Menandro Pedro, mas um compromisso com a proteção e o bem-estar dos idosos em nosso Estado”, defendeu o deputado ao justificar a necessidade da lei.

Delegado morreu durante corrida

delegado Menandro Pedro, 67 anos, lotado no 7º Distrito Policial de Teresina, morreu no início deste mês, durante corrida na Avenida Marechal Castelo Branco, zona Norte de Teresina. Ele passou mal, chegou a ser socorrido por médicos no local, mas não resistiu.

Na data, Menandro Pedro chegou a gravar um vídeo para as redes sociais, falando sobre a expectativa para a prova e onde também revelou que aquela seria a primeira corrida que participaria.

A causa da morte do delegado foi um infarto fulminante.

No Piauí, Menandro Pedro foi secretário de Segurança Pública do Piauí, sub-secretário de Segurança Pública, diretor da Academia de Polícia Civil, coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e coordenador da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE), onde esteve à frente das investigações do crime organizado e comandou diversas delegacias da cidade. Atualmente, o delegado era titular da  7° Delegacia de Polícia de Teresina.

Além da Polícia Civil, o delegado também tentou carreira na política. Ele foi candidato a vereador nas Eleições 2020, pelo partido PSB.

Fonte: CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais