20 de abril de 2024
Cidades em Foco
EducaçãoGeralInternacional

Mais de 1 mil alunos do Piauí realizam prova em busca de intercâmbio nos EUA

Em busca de um intercâmbio nos Estados Unidos e de premiações em dinheiro, cerca de 1.379 estudantes da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realizam nesta sexta-feira (23) uma prova que irá classificar as equipes que seguem para a próxima etapa do Seduckathon 2024, que é um torneio de programação que vai premiar os melhores projetos de alunos da rede estadual do Piauí.

A prova tem 60 questões de conhecimentos específicos e de língua inglesa de múltipla escolha, com início às 8h30 e encerramento às 12h30. O resultado definitivo classificatório da prova objetiva está previsto para o dia 4 de março.

A competição de programação é uma iniciativa inédita da Seduc que envolve alunos da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio da rede estadual, regularmente matriculados nos cursos técnicos de Desenvolvimento de Sistemas e Programação de Jogos.

“É uma competição de programação inovadora e tem por objetivo encaminhar 20 estudantes para os Estados Unidos com quatro professores e 10 estudantes com dois professores e para a Coreia do Sul. É o Piauí mandando seus jovens buscar conhecimento fora, voltar para cá e nos ajudar a desenvolver nosso estado”, destaca Paulo Henrique Pinheiro, superintendente de Educação Técnica e Profissional e Educação de Jovens e Adultos (SUETPEJA).

O torneio

Para o Seduckathon 2024, cada escola será representada por um time com cinco alunos, que serão selecionados a partir da pontuação dessa prova realizada hoje.

Os times selecionados com base no resultado da prova objetiva vão elaborar, sob orientação de um professor, um projeto de programação que fará parte da segunda etapa do torneio.

Os dez melhores projetos serão escolhidos para a competição presencial do Seduckhaton, que ocorrerá em Teresina, no mês de abril. As quatro equipes, totalizando 20 alunos, com a melhor nota atribuída pela banca examinadora serão premiadas com Intercâmbio Educacional de 30 dias na Worcester Technical High School, localizada em Boston, no Estado de Massachusetts – Estados Unidos da América – EUA.

As equipes que não conquistarem o intercâmbio receberão prêmios distribuídos da seguinte forma: para os estudantes, dez bolsas de R$ 350; para os professores orientadores, dez bolsas de R$ 1 mil.

“É um projeto pioneiro na rede pública estadual do Piauí, um intercâmbio dos nossos estudantes e professores para os Estados Unidos. Há uma novidade para a Coreia do Sul também. Agora vamos levar os nossos jovens e professores para esses dois países, fruto das agendas do governador Rafael Fonteles”, disse o secretário Washington Bandeira.

81 ESCOLAS PÚBLICAS PARTICIPARAM DOS TESTES

Os testes foram aplicados, de forma presencial, em 81 escolas de todo o Piauí. Um dos polos de aplicação das provas foi o CETI Pinheiro Machado, no bairro Dirceu I, zona sudeste de Teresina, onde 23 estudantes participaram dos testes. Segundo a gestora da escola, Rejane Coelho, os estudantes do tempo integral participaram de uma intensa preparação para as provas do Seduckathon.

“A escola ofereceu todo o suporte e preparação para os alunos participarem desse concurso e terem a chance de ir para os Estados Unidos. Nossos professores se dedicaram e organizaram revisões e simulados para proporcionar essa experiência enriquecedora aos estudantes. Tenho certeza de que essa oportunidade é muito empolgante para todos os envolvidos”, comentou a gestora.

O resultado definitivo classificatório da prova objetiva está previsto para o dia 4 de março.

Da Redação / Ascom

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais