26.9 C
Jacobina do Piauí
17 de julho de 2024
Cidades em Foco
GeralNordeste em FocoPiauíPolítica

Governo lança plano para alavancar o turismo em três regiões do Piauí; confira

Foto: CCom

O governador Rafael Fonteles (PT) lançou nesta terça-feira (11) o Plano Estratégico de Marketing Turístico do Estado. O objetivo é realizar ações em três regiões com o objetivo de melhorar a infraestrutura turística e conseguir mais visitantes no estado. Rafael Fonteles afirmou que quer fazer com que as belezas do estado sejam conhecidas internacionalmente.

O plano irá focar inicialmente em três áreas: nos polos “Costa do Delta”, no litoral do Piauí, “Origens”, na região da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato, e “Teresina”. Deve ocorrer a execução de cerca de 30 programas e 60 projetos que pretendem melhorar a estrutura dessas regiões, como obras estradas, urbanização, negociação para operação de mais companhias aéreas, assim como a divulgação e promoção das belezas desses locais.

Rafael Fonteles informou que essas regiões foram escolhidas para o início desse plano de marketing, porque já possuem uma estrutura,como hotéis e aeroportos, para que o governo possa fazer as divulgações para atração de turistas.

“O foco foi priorizar aqueles locais que já tem rede hoteleira e um acesso de turistas a esses polos já consolidados, e daqui a dois anos teremos o mesmo plano de marketing para os outros polos turísticos. O setor econômico ele só vive em um local quando há sinergia, uma união entre governos, o setor produtivo, e as entidades da sociedade civil, então o setor de turismo precisa desse engajamento, dessas três forças para que de fato atue na mesma direção, que a gente desenvolva e coloque o Piauí como o polo de turismo internacional”, afirmou o governador.

Fonteles destacou que os investimentos para o turismo são diretos e indiretos. “Só na promoção turística, estamos falando em cerca de R$ 20 milhões nesses próximos dois anos, mas o investimento no setor do turismo vai ultrapassar R$ 300 milhões nos próximos anos, quando eu contabilizar a parte de infraestrutura, a parte de qualificação que já tínhamos colocado no ano passado no plano completo da nossa gestão para o setor do turismo. Inclusive, teremos um emprego, uma operação de crédito da agência francesa de desenvolvimento de US$ 50 milhões de dólares”, declarou.

Foto: CCom

O chefe do executivo estadual explicou que são várias as ações que já estão sendo realizadas. “Temos atuado fortemente na estrutura área nesses polos, e em outros localizados no interior do Piauí. Temos investido no acesso rodoviário, temos ações de urbanização em praticamente todos esses polos turísticos, como São Raimundo Nonato e Parnaíba, e temos o aumento do crédito para o setor e também.  Planejamos grandes intervenções urbanísticas em destinos consolidados como a praia Atalaia, na Pedra do Sal, como fizemos recentemente, Teresina temos fomentado grandes eventos, principalmente no centro de Convenções, então são várias ações nas mais diversas áreas”, destacou Rafael Fonteles.

Já o secretário de Turismo, José Neto Monteiro, explicou que o plano prevê programas para qualificação de gestores municipais, e da rede hoteleira, assim a promoção das belezas do Piauí em outros estados.

“Vamos partir para a implementação, e execução de 30 programas e 60 projetos  que vamos estar executando nos próximos anos. Já começamos um estudo do posicionamento de marca, já entramos em contato com novas operadoras aéreas para atuarem no Piauí, em junho vamos estar com o Piauí Sampa, e depois vamos participar de grandes feiras nacionais”, explicou.

Por Bárbara Rodrigues e Bartolomeu Almeida / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais