22 C
Jacobina do Piauí
22 de junho de 2024
Cidades em Foco
GeralPiauí

Batalhão de Polícia Ambiental registra marca de mil TCO’s no Piauí

Fotos: Reprodução/BPA-PI

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) atingiu, na última sexta-feira (19), a marca de mil Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO’s) registrados em todo o Piauí.

De acordo com BPA, os principais crimes registrados foram perturbação do sossego alheio, posse ilegal de aves silvestres, desmatamento ilegal, tráfico ilegal de madeira, dentre outras ocorrências referentes ao policiamento ostensivo.

“O BPA, na sexta-feira passada, atingiu a marca de mil TCO’s, sendo que nesse tempo foram confeccionados termos de várias situações, tipo perturbação de sossego alheio que é um dos carros chefes e também sobre questões envolvendo crimes ambientais, principalmente a questão de posse ilegal de aves silvestres, mas também realiza termos circunstanciados de corte ilegal de mata, questão de tráfico de madeira dentre outros crimes ambientais, como também na questão do policiamento ostensivo”, explica o chefe do Setor de Estatística do BPA, tenente Cirilo.

O Termo Circunstanciado de Ocorrência é o registro de um fato tipificado como infração de menor potencial ofensivo. No registro contém o relato dos fatos e informações dos envolvidos, todas os dados coletados são levados para o conhecimento do juiz competente para os procedimentos cabíveis.

Ainda segundo o tenente Cirilo, o BPA foi a primeira unidade policial do estado a utilizar o sistema de registros de TCO’s. Esse número atingido vinha sendo contabilizado desde 2018, ano em que o sistema de confecção do termo foi implantado no Piauí.

“O Batalhão Ambiental desde 2018 utiliza o sistema da Polícia Militar de confeccionar os TCO’s. Em dezembro de 2018, ela foi a primeira unidade da PM a confeccionar um TCO referente ao crime ambiental de posse ilegal de animal silvestre, daí então o batalhão ambiental veio realizando inúmeros TCO’s em várias áreas na questão tanto criminal como na questão ambiental”, acrescentou.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais