27.9 C
Jacobina do Piauí
12 de junho de 2024
Cidades em Foco
EconomiaGeral

Setor de serviços no Piauí sofre queda pelo terceiro mês seguido

O setor de serviços no estado do Piauí sofreu queda de -0,8% no mês de março. Este é o terceiro mês seguido em que o estado apresenta queda na Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A comparação ocorre com os mesmos meses do ano anterior.

Nos últimos doze meses, o Piauí teve queda acumulada de -1%. Em todo o Brasil, apenas outro cinco estados apresentaram redução no setor, que são Maranhão (-9,5), Mato Grosso (-6,3), Acre (-5,9%), Roraima (-5,5%) e Amazonas (-4,6).

Com a queda, reduz-se também a receita gerada pela prestação de serviços na unidade federativa. O Piauí possui, hoje, o menor índice de receita do país no setor. Com maior crescimento na receita está o estado de São Paulo, com quase 10% de incremento no setor.

A média brasileira, por outro lado, apresentou crescimento nominal de 6,1%, na comparação com igual mês do ano anterior, superior às taxas de fevereiro (0,9%) e janeiro (1,8%), retornando aos patamares de abril e setembro de 2014. A taxa acumulada no ano atingiu 2,9% e em 12 meses, 4,6%.

Veja o índice completo:


Fonte: IBGE.

Dentre os serviços analisados pela pesquisa estão aqueles prestados às famílias, como alimentação e alojamento; os de informação e comunicação; profissionais, administrativos e complementares e serviços de transportes e correios.

 

 

 

Fonte: Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais