18 de abril de 2024
Cidades em Foco
GeralNordeste em FocoPolícia

Homem que matou namorada a facadas em bar é condenado a 34 anos de prisão no Piauí

Foto: Ascom/PM-PI

Antoniel Nascimento Rodrigues foi condenado, nesta terça-feira (12), a 34 anos, 11 meses e seis dias de prisão por feminicídio contra a então namorada, Clara Oliveira Duarte. O crime aconteceu em abril de 2023, quando a vítima estava em um bar na cidade de Esperantina.

Antoniel Nascimento matou Clara Duarte com quatro facadas, que atingiram sua cabeça e seu tórax. Naquela ocasião, ela estava no estabelecimento na companhia de um ex-namorado, que também foi esfaqueado no pescoço, braço e quadril, mas conseguiu resistir aos ferimentos.

Durante a Sessão Plenária, o Tribunal do Júri considerou Antoniel Nascimento culpado pelos crimes de feminicídio por motivo torpe e tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe e mediante recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa do ofendido.

Para o promotor de Justiça Raimundo Nonato Ribeiro Martins Júnior, responsável por denunciar o caso à Justiça, o reconhecimento da qualificadora do feminicídio evidencia a reprovação da sociedade sobre esse tipo de crime.

“Essa reprovabilidade social, traduzida na forma do veredito e na fixação da pena, é mais um indicativo da crescente conscientização da comunidade quanto à necessidade de combate às formas de discriminação de gênero e violência contra a mulher, maximizando a aplicação da Justiça aos casos concretos ao tempo em que assegura a ordem pública”, ressaltou.

Por Breno Moreno / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais