18 de abril de 2024
Cidades em Foco
Bela Vista do PiauíGeral

Comunidades de Bela Vista do Piauí são contempladas com kits de irrigação e colmeias

Fotos Edivar Foto Marques

Várias comunidades rurais de Bela Vista do Piauí foram contempladas com programas de incentivo aos pequenos produtores rurais, tendo sido feita a entrega de colmeias e kits de irrigação. A parceria Neto e Gilvan tem trazido cada vez mais melhorias para a população de Bela Vista do Piauí. Prova disso é que no último final de semana, o vice-prefeito Gilvan Tolentino conquistou incentivos e realizou a entrega para o homem do campo do município.

Os kits de irrigação, projeto da Secretaria Estadual de Irrigação e Recursos Hídricos, contendo uma caixa d’água de 500 litros de capacidade, 70 metros de mangueira e dois rolos de fita de gotejamento, além de confecções, foram entregues à comunidade Melancias, por meio de emendas do deputado estadual Firmino Paulo. Quem recebeu os kits, em nome da Associação de Pequenos Produtores, foi o presidente, José Joaquim Marques.

31 famílias da comunidade, que são cadastradas na associação, e que possuem poço próprio, foram beneficiadas pelo projeto, que tem por objetivo contribuir com o desenvolvimento da agricultura familiar, apoiando e incentivando o produtor rural a adotar e produzir mais, trabalhando em áreas menores.

Dos 31 kits, Érico, Claudionor e Francisco Barbosa conseguiram cinco, cada um, e Gilvan conseguiu 15 e comprou mais um .totalizando 30 kits através do Deputado Firmino Paulo.

Já o prefeito Neto recebeu 300 caixas de colmeias, entregues pela Codevasf, endereçadas para as comunidades Melancias, Cantinho, Barreiro, Assentamento Lagoinha, Sítio e Ladeira, uma emenda do deputado federal Castro Neto. 66 famílias cadastradas foram beneficiadas por meio desse projeto. Todos os beneficiários participaram de um processo de capacitação por meio Projeto Rural Sustentável – PRS Caatinga, apoiado pela Comapi, em parceria com a Fundação Brasileira de Desenvolvimento Sustentável e Fraternidade de São Francisco de Assis.

Os produtores foram acompanhados por técnicos da Comapi, onde foram feitas, de forma coletiva, seis unidades demonstrativas e 60 unidades multiplicadoras, com o intuito de trabalhar as práticas de baixa emissão de carbono, priorizando a plantação de moringa e algaroba para a produção de florada para as abelhas no período da safra.

O projeto visa fortalecer a apicultura e, consequentemente, aumentar a renda das famílias beneficiadas.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais