25.3 C
Jacobina do Piauí
13 de junho de 2024
Cidades em Foco
GeralPolítica

TRE aprova petição que determina novas eleições em Castelo do Piauí

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) aprovou, nesta terça-feira (16), uma petição disciplinando novas eleições para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Castelo do Piauí, a 190km ao norte de Teresina. José Ismar Lima Martins e Raimundo Soares do Nascimento Junior foram cassados em abril e estavam no cargo sob efeito de liminar. As últimas eleições suplementares ocorridas no Piauí foram realizadas em São Francisco de Assis no ano de 2012 e Simões em 2013. A data do novo pleito em Castelo foi marcada para o dia 2 de agosto.

Na sessão de hoje, o TRE negou seguimento aos embargos impetrados pelo gestor e derrubou a liminar que o mantia no cargo. O gestor deixará a prefeitura assim que o acórdão da decisão seja publicado. O presidente da Câmara Municipal de Castelo assumirá a administração municipal até a realização da nova eleição.

Em sua defesa, o prefeito disse ao Cidadeverde.com que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Nós perdemos em Castelo e no TRE, daí entramos com os embargos. Agora vamos recorrer ao TSE. Não há provas contra mim. Não me sinto na cena do crime. Fui absolvido da acusação de compra de votos e fui condenado por abuso de poder econômico, sendo que eu nem estava no cargo”, disse o gestor, admitindo que sairá da prefeitura.

“Como o TSE demora um pouco, o presidente da Câmara deve assumir por uns dias”, declarou.

A ação de impugnação de mandato eleito foi impetrada pelo candidatos adversários no pleito de 2012, Edmilson Alves de Abreu e Newton Rossi Bezerra, que disputaram os cargos de prefeito e vice do município.

 

 

Fonte: Hérlon Moraes / Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais