20 de abril de 2024
Cidades em Foco
DestaqueEducaçãoGeralPatos do PiauíSão João do Piauí

Prefeituras do Piauí suspendem aulas devido às fortes chuvas após registro dos maiores índices do Brasil

Prefeitura Municipal de Patos do Piauí - Foto: Cidades em Foco!

As prefeituras de Patos do Piauí,  e São João do Piauí suspenderam as aulas das redes municipais de ensino devido às fortes chuvas que atingiram as cidades na última semana. Em São João, município que registrou as maiores precipitações do Brasil em 19 e 21 de fevereiro (173,8 mm e 178 mm, respectivamente), não há previsão de retorno.

Em decreto assinado na segunda-feira (26), o prefeito de Patos do Piauí, Joaquim Neto (PSD), afirmou que adotou a medida porque o “aumento expressivo” das chuvas danificou as estradas que ligam a zona rural à zona urbana do município, impossibilitando o tráfego dos transportes escolares.

“A maior parte dos estudantes das escolas da cidade residem na zona rural e não podem sofrer prejuízos em seus aprendizados porque os acessos encontram-se intrafegáveis em vários pontos”, escreveu o gestor.

No texto, a prefeitura garantiu que as aulas suspensas serão repostas “conforme reorganização do calendário escolar acordado entre os sistemas de educação”. Dessa forma, não haverá prejuízo para o ano letivo escolar de 2024.

“Os alunos não serão prejudicados em seu calendário escolar anual, pois um novo será estabelecido de acordo com as normas legais”, apontou o prefeito. A previsão é de que a suspensão dure até 8 de março; a data de retorno será definida posteriormente.

Maiores índices de chuvas do país

Já em São João do Piauí, o prefeito Ednei Amorim (MDB) também suspendeu as aulas temporariamente, na última sexta-feira (23), em função das chuvas intensas. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou que o município registrou os maiores índices de chuvas do país, com 173,8 mm e 178 mm, em 19 e 21 de fevereiro.

Segundo a secretaria municipal de Infraestrutura, vários trechos das estradas da cidade se romperam, inviabilizaram o transporte escolar e puseram a segurança dos alunos em risco.

“Apesar dos esforços e trabalho das equipes [da secretaria], as ações emergenciais são condicionadas às diminuições das chuvas, o que não tem ocorrido”, declarou a prefeitura.

A suspensão impacta as escolas públicas municipais das zonas urbana e rural. No decreto, não há previsão de retomada das aulas, que não serão realizadas “enquanto durar o intenso volume das chuvas”.

Assim como Patos do Piauí, os dias suspensos na rede pública de ensino de São João do Piauí serão repostos conforme reorganização acordada entre as escolas e a secretaria municipal de Educação.

Previsão do Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou um alerta laranja de perigo de chuvas intensas para Patos do Piauí, São João do Piauí e outras 145 cidades do estado. O alerta é válido até as 10h de quarta-feira (28).

Quase 150 municípios do Piauí estão sob alerta laranja de chuvas intensas — Foto: Divulgação/Inmet

Quase 150 municípios do Piauí estão sob alerta laranja de chuvas intensas — Foto: Divulgação/Inmet

Conforme o Inmet, as chuvas podem registrar entre 50 e 100 mm/dia, enquanto os ventos podem atingir 100 km/h. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Veja orientações para o período chuvoso:

  • Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;
  • Se possível, desligue aparelhos elétricos e o quadro geral de energia elétrica;
  • Obtenha mais informações junto ao Corpo de Bombeiros (telefone 193) e à Defesa Civil (telefone 199).

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais