20 de abril de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralPicosPolícia

PICOS: polícia prende DJ após ameaças a força de segurança nas redes sociais; estava em posse de arma e munições

Na tarde desta segunda-feira, 26/02/2024, a Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Combate às Facções, Homicídios e Tráfico de Drogas de Picos, efetuou a prisão de um homem no bairro Junco, em Picos, por posse irregular de armas e munições de uso restrito. O indivíduo, E.I.S, conhecido apenas pela alcunha “DJ Pradda”, já estava sob o radar das autoridades devido a atividades suspeitas anteriores.

Investigação prévia e histórico criminal

No final do ano de 2023, “DJ Pradda” foi alvo de um mandado de busca e apreensão, desencadeado após postagens em suas redes sociais onde ele manuseava uma arma de fogo. Naquela ocasião, nenhum objeto ilícito foi encontrado, mas as autoridades mantiveram o monitoramento sobre suas atividades.

Novas ameaças nas redes sociais

No último sábado, dia 24/02/2024, o suspeito fez uma nova postagem no Instagram, desta vez proferindo xingamentos contra a instituição Polícia Civil do Piauí, convidando-os a irem novamente à sua residência e exibindo munições de calibres restritos, acompanhadas de um discurso ameaçador.

Apreensão e novas acusações

Com base nas novas ameaças, um novo mandado de busca e apreensão foi emitido. A equipe policial se deslocou até o endereço do indivíduo e encontrou os objetos ilícitos, configurando mais uma vez o crime de posse irregular de armas e munições. É importante destacar que esse crime é considerado hediondo e não permite arbitramento de fiança pela autoridade policial.

Histórico criminal extenso e possíveis novas acusações

Além de possuir um extenso histórico criminal, incluindo receptação em 2022, porte ilegal de arma de fogo em 2021 e roubo com uso de arma de fogo em 2023, as autoridades agora investigam as postagens ameaçadoras contra a Polícia Civil. Será feito um levantamento minucioso para verificar a possibilidade de enquadrar suas condutas em algum tipo penal. Em caso positivo, um novo inquérito policial será aberto para responsabilizá-lo penalmente.

“Polícia Civil vai tomar no c*, vá tomar no c* a polícia civil, vieram aqui em dezembro procurando uma porra “duma” arma sem eu ter, vem de novo olhar, Venha! invada minha casa de novo! sendo que o mandado nem meu nome tem. P*ta que pariu! a polícia civil é uma b*sta!”

Surpreendentemente, ao contrário do que mostrava na rede social, o indivíduo não esboçou reação mais enérgica diante da abordagem policial que transcorreu de forma tranquila graças ao profissionalismo da dos agentes envolvidos.

Conclusão e procedimentos legais

Diante da situação flagrancial, o suspeito foi conduzido até a central de flagrantes de Picos, onde serão realizados os procedimentos legais cabíveis. A Polícia Civil reitera seu compromisso com a segurança pública e destaca a importância da colaboração da população no combate ao crime.

Fonte: Acervo 23 Notícias

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais