23.1 C
Jacobina do Piauí
28 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
AcauãGeralNordeste em FocoSimõesWall Ferraz

Piauí tem previsão de chuva para esta semana; veja quais cidades serão atingidas

Cidade de Wall Ferraz - Foto: Cidades em Foco

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo para chuvas em 176 municípios do Piauí até o dia 26 de janeiro.

Entre as cidades atingidas estão: Acauã, Alagoinha do Piauí, Barra D’Alcântara, Cristino Castro, Curimatá, Demerval Lobão, Dirceu Arcoverde, Floriano, Itaueira, Manoel Emídio, Monsenhor Gil, Paquetá, Simões, Wall Ferraz e Teresina.

A previsão é que possa ocorrer chuva entre 20 até 50 mm/dia, com ventos intensos de 40 a 60 km/h. É baixo o risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Segundo o instituto, até o dia 26 de janeiro, praticamente toda a região Nordeste terá registro de chuva volumosa. Os volumes de chuva podem ter acumulados superiores a 100 milímetros no período. A previsão indica ainda que essa chuva mais expressiva deve atingir, principalmente, os estados da Bahia, Piauí e Ceará.

“Isso acontecerá porque alguns dos principais sistemas meteorológicos típicos de verão, como por exemplo a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) e a provável formação de um canal de umidade, organizada pela presença de um sistema de baixa pressão no oceano, contribuirão para a ocorrência dessas pancadas de chuva, acompanhadas de descargas elétricas e rajadas de vento. Apesar da possibilidade de causar transtornos, a chuva intensa será responsável também por mudar o cenário quente e seco registrado nesta semana, especialmente no semiárido”, informou o instituto.

Instruções do Inmet:

  • Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).
  • Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Por Bárbara Rodrigues / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais