27.3 C
Jacobina do Piauí
15 de junho de 2024
Cidades em Foco
EconomiaGeral

PI: Empréstimo de mais de R$ 1,360 bilhão será liberado em setembro

Recentemente o governo anunciou a transação de empréstimos que levaram o governador Wellington Dias aos Estados Unidos para a negociação dos valores com bancos internacionais no final do mês de julho. Uma parte da verba, R$ 1 bilhão já foi liberada e o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, acredita que estará nos cofres do Piauí ainda no mês de setembro. A outra ainda está em fase de negociação. O secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, detalhou de onde são advindos os recursos e em que áreas serão aplicados.

É preciso explicar que são duas operações de crédito. Os empréstimos que ele tratou nos Estados Unidos foram do Banco Mundial e do Interamericano. O do Mundial, já se iniciaram as operações no governo Wilson Martins, já foi aprovada Lei Estadual para se conseguir o empréstimo e já foi aprovado agora está na Secretaria do Tesouro Nacional, STN. Então ele foi lá cumprir a última etapa em termos de Banco Mundial, que é o banco do financiamento. Falta a etapa local aqui [Piauí], a liberação por parte do Ministério da Fazenda, que na última reunião que o governador teve com a presidente Dilma, quando inclusive ele se ausentou da viagem internacional para participar dessa reunião no último dia 30, com o Ministro Levy também, uma dos pontos que foram acordados foi ministro autorizar os empréstimos com o Banco Mundial que já estão no ponto, que é o de mais de R$ 1 bilhão e logo deve chegar aos cofres públicos”.

Quanto ao empréstimo junto ao Banco Interamericano, Rafael esclareceu que ainda foi a primeira conversa que o govenador teve nos EUA, na sede do Banco, para poder conseguir os valores. “Acredito que só no ano que vem, no segundo semestre, é que vai ser liberado. Ainda não está nem dimensionado o seu valor”.

De acordo com o secretário, existe ainda outra operação de crédito, só que a nível nacional, com o Banco do Brasil. “A primeira é pelo programa Pró-Desenvolvimento 2, que é nacional, só que feita com recursos externos mas é o Banco do Brasil que operacionaliza. Esse mês, por essa operação vão ser liberados R$ 360 milhões, nesse momento para obras e mobilidade urbana”, disse acrescentando que ainda vai ser definidos pela equipe do governo quais as obras prioritárias para que eles sejam aplicados.

 

 
Fonte: Lyza Freitas / Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais