23.1 C
Jacobina do Piauí
28 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralInternacionalPolítica

Padre Júlio diz que Moraes ligou para ele e ofereceu auxílio sobre CPI

padre Júlio Lancellotti - Foto: Roberta Aline/ MDS

O padre Júlio Lancellotti disse ter recebido uma ligação do ministro do STF Alexandre de Moraes, que disse estar “coletando informações” sobre a possível CPI que miraria o religioso.

Ministro disse que está “juntando informações” sobre a possível CPI das ONGs. “Ele [Moraes] disse que está juntando todas as informações, e para isso, também ia conversar com o presidente da Câmara de São Paulo”, disse o padre Júlio em entrevista à CNN Brasil.

Moraes também teria oferecido ajuda ao religioso. “[Moraes disse que] manifestava apoio e solidariedade, e, naquilo que fosse necessário, que nós o acionássemos”, contou.

Padre Júlio disse conhecer o ministro desde quando Moraes era secretário da Justiça de São Paulo. Ele exerceu o cargo entre 2002 e 2005.
A reportagem entrou em contato com o STF questionando se há alguma ação institucional que investiga a proposta de CPI, ou se essa seria uma iniciativa pessoal do ministro. Quando a Corte responder, o texto será atualizado.

Proposta pelo vereador Rubinho Nunes (União), a ideia é apurar a ação de entidades que prestam assistência à população da Cracolândia, com o padre Júlio Lancellotti como principal alvo.
Rubinho Nunes disse já ter as assinaturas necessárias para protocolar a comissão quando a Câmara voltar aos trabalhos, em fevereiro. Com a repercussão negativa, alguns vereadores já disseram que irão retirar o apoio.

Padre Júlio é coordenador da Pastoral do Povo de Rua e trabalha há mais de 40 anos com a população desabrigada de São Paulo. Ele serve café da manhã, distribui roupas e livros para uma média de 900 pessoas por semana.

A capital paulista tem mais de 54 mil pessoas em situação de rua, segundo levantamento do ano passado do Observatório Nacional dos Direitos Humanos.

Fonte: Folhapress

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais