18 de abril de 2024
Cidades em Foco
GeralInternacionalPolítica

Na Índia, governador discute parceria com 4° maior centro de inovação do mundo

Foto: Governo do Estado/ Divulgação

Na Índia, o governador Rafael Fonteles discutiu, nesta quarta-feira (13), uma parceria entre o Governo do Piauí e o Departamento de Eletrônica, Tecnologia da Informação, Biotecnologia e Ciência e Tecnologia do Governo de Karnataka. A proposta é para assinatura de um memorando de entendimento (MoU) com o estado indiano, considerado o quarto maior centro de inovação do mundo e o maior da Ásia, na busca de fortalecer o ecossistema de inovação no Piauí.

O acordo foi discutido em encontro do governador do Piauí com a secretária do Departamento de Tecnologia de Karnataka, Ekroop Caur. Na oportunidade, Rafael Fonteles destacou as similaridades entre Brasil e Índia, reforçou o interesse em firmar acordos de cooperação e enfatizou a presença marcante de empresas unicórnios no estado indiano e os recursos captados por elas. As empresas unicórnios são startups com valor de mercado acima de US$ 1 bilhão. Ao todo, Karnataka possui 45 dessas.

“Após a discussão dos termos, iremos assinar, em breve, um memorando de entendimento. Essa parceria promete abrir novas oportunidades e impulsionar o desenvolvimento de empreendimentos inovadores no Piauí, beneficiando diretamente a economia e o crescimento do estado”, disse o governador.

Ekroop Caur pontuou que, durante a reunião, foram discutidos os pontos fortes do Piauí e de Karnataka, além dos benefícios de uma colaboração entre os estados. “Acredito em uma parceria forte, especialmente, nas áreas de energias e inovações no agro, onde podemos trabalhar juntos e incentivar o desenvolvimento de ambos os estados. Estamos abertos a parcerias com todos, pois acreditamos que inovações podem resolver muitos dos problemas que temos no mundo”, destacou a secretária.

Da redação

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais