24.5 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralInternacional

“Me inspiravam”: estudante nota mil na redação cita ajuda de amigos na preparação do Enem

Foto: Reprodução

Esforço, dedicação e… coletividade. São as palavras-chave que não faltaram para o jovem Pedro Henrique Soares, de 17 anos, que tirou nota mil na redação do Enem, durante a preparação para as provas durante todo o ano de 2023.

Comemorando nesta terça-feira (16) o resultado, após a divulgação das notas pelo Inep, o jovem lembra que tinha exaustivas horas de estudo, tanto na escola, como nos horários de estudo em casa. Mas para ele, a ajuda dos amigos com quem estudava foi fundamental para ter um bom desempenho.

O jovem estudante, que vai tentar com a nota ingressar no curso de Medicina da Universidade Federal do Piauí (UFPI), conta que o grupo de seis amigos trocava informações de assuntos que estavam sendo debatidos nas provas e que poderiam ser cobrados no Enem.

“Eu estudei muito sozinho, mas a gente se ajudava muito. Falando mesmo um para o outro que ia dar certo. A gente também fazia perguntas um para o outro, a gente estudava também muito na escola, conversava muito sobre vestibulares e provas”, citou.

Pedro citou o nome dos amigos mais próximos para lembrar que as companhias o inspiravam para conseguir um bom desempenho. “Eu estava perto de pessoas muito esforçadas, e isso me inspirava cada vez mais, porque eu sabia que estava ao lado das pessoas certas”, lembrou.

Estudos sem parar… nem aos domingos!

Pedro Henrique citou que durante o ano de 2023, estudava todos os dias. De segunda a sexta, tinha aulas na escola, aos sábados, os simulados, e mesmo aos domingos, fazia provas antigas do Enem em casa.

“Eu chegava em casa umas 14h e tinha um descanso para almoço e voltava por volta das 15h e ia até por volta das 18h. Parava, tomava banho, ia jantar e voltava de novo e ia até 21h30, 22h, e 22h30. (…) Todo sábado eu tinha simulado, então era muito ocupado porque terminava 21h30, e no domingo, eu fazia Enem, provas antigas, ou algum simulado de fora”, disse.

Ele disse que, na escola, teve uma boa preparação em relação a diferentes temas que poderiam cair na redação, então, esperava ter uma boa pontuação. Só não imaginava que alcançaria a nota máxima!

“Eu sabia que ia ser bom, mas não esperava que ia ser tanto essa nota. (…) A gente trabalhava os temas, temas mais comuns, recorrentes, que envolvem os problemas atuais da sociedade, e eu acho que já estava um pouco preparado por ter trabalhado esses temas”, citou.

Por fim, o jovem dá sugestões para quem quer fazer o Enem e ter um bom desempenho na redação. Ele indica que é importante ter um planejamento e entender que é preciso abdicar de algumas coisas para conseguir o êxito na prova.

“Eu acho que antes mesmo de começarem as aulas, devem ser feito alguns planejamentos, devem ser estabelecidas algumas metas, e as pessoas têm que ter a consciência de que muita coisa tem que ser abdicada para algo maior, que é a aprovação. E o processo não pode ser tão doloroso, árduo, ele tem que ser feito com prazer, com gosto, com a certeza de que vai dar certo”, finalizou.

Por Roberto Araujo / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais