33.7 C
Jacobina do Piauí
14 de julho de 2024
Cidades em Foco
GeralPolícia

Idosa é encontrada morta em casa na zona Sudeste; DHPP investiga

Uma idosa de 68 anos foi encontrada morta na manhã desta sexta-feira (09) em uma residência no bairro Dirceu Arcoverde I, na zona Sudeste de Teresina.  Maria de Fátima Alves Nascimento Pires era vendedora de roupas.

A causa da morte ainda é desconhecida. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) aguarda a conclusão de laudos para confirmar se óbito aconteceu por causas naturais ou se houve um feminicídio.

O corpo foi encontrado pelo companheiro da idosa, o pedreiro Antônio de Pádua Alves, de 66 anos. O casal vivia junto há aproximadamente um ano.

O cabo Gilson, do 8º Batalhão da Polícia Militar, disse que o corpo da vítima estava na cama do casal. Segundo ele, no local não há evidências de violência ou luta corporal.

O Instituto Médico Legal também esteve na casa da vítima para fazer a remoção do corpo.

“Vamos levar o corpo para o IML, para que um médico possa determinar a causa da morte. De modo preliminar não foram encontradas marcas de violência, mas como a família tem dúvidas sobre se a morte foi natural ou não, vamos levar o corpo para o IML”, informou o perito Danilo Reis.

Ao sair da residência, o delegado Divanilson Sena, do DHPP, confirmou que encontrou a casa arrumada, sem sinais de briga ou violência. “Encaminhamos o corpo para o IML que vai precisar o que aconteceu, mas, aparentemente, não houve violência”, disse o delegado.

Ao Cidadeverde.com, o companheiro da idosa disse que os dois dormiram juntos e que ao acordar encontrou Maria de Fátima morta.

“Nós dormirmos ontem, tudo bem. Quando eu acordei vi que ela estava gelada e não se mexia. Sai aqui pra fora para pedir ajuda”, disse Antônio de Pádua.

Fonte: Adriana Magalhães / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais