24.3 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
GeralSão João do Piauí

Governador assina empréstimo de R$ 600 milhões para beneficiar 200 mil famílias no Piauí

Rafael Fonteles - Foto: Ccom

O governador Rafael Fonteles (PT) assinou, nesta terça-feira (28) contrato de empréstimo de 118 milhões de dólares, o que contabiliza pelo menos de R$ 600 milhões para investir na agricultura familiar do Piauí. 

A medida faz parte do projeto Piauí Sustentável e Inclusivo. O governador ressaltou que as ações vão beneficiar pelo menos 200 mil pessoas em pelo menos 138 municípios do estado.

A preferência será dada para mulheres e comunidades tradicionais. A carência será e sete anos com taxa de juros abaixo da linha de mercado.

Segundo Rafael Fonteles, a ação visa melhorar a renda, segurança alimentar e nutricional, além do acesso a serviços básicos e da adaptação às mudanças climáticas da população rural no semiárido do Piauí.

“Celebramos essa operação de crédito com o Banco Interamericano de Desenvolvimento e com o FIDA, que é o Banco Internacional ligado às Nações Unidas, voltado especialmente para o desenvolvimento agrícola com quem o Estado do Piauí, com quem nós já temos uma experiência de longos anos no financiamento de políticas públicas”, declarou.

Entre as ações que serão realizadas com os recursos, estão regularização fundiária, regularização ambiental, apoio a projetos produtivos de associações de trabalhadores rurais, planos de negócios de organizações e outras cooperativas, planos de recuperação de áreas degradadas, recuperação de nascentes, sistemas individuais simplificados de saneamento básico, construção de cisternas, redes de abastecimento de água, construção de passagens molhadas, e desenvolvimento de estudos e disseminação de conhecimentos importantes para o setor.

Para a secretaria de Agricultura Familiar, o projeto representa um novo momento no Piauí para pequenos produtores do estado.

“Vai ser uma verdadeira revolução que a gente vai fazer em campo a partir desse trabalho que tem todo um elemento produtivo, são projetos de inclusão produtiva que vão permitir diversos agricultores a entrarem em uma dinâmica de produção, de geração de renda, de inserção no mercado para comercialização de seus produtos e um projeto também que tem esse viés ambiental”, disse.

Por Paula Sampaio  / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais