33.3 C
Jacobina do Piauí
17 de julho de 2024
Cidades em Foco
GeralPolícia

Dupla é presa suspeita de explodir banco duas vezes em 24 horas no PI

A Polícia conseguiu localizar dois suspeitos de explodirem a agência bancária de Cristino Castro na madrugada da última segunda-feira (11). Segundo a Polícia cerca de cinco pessoas estão envolvidos na tentativa explodir a agência na madrugada do domingo (10). Como não conseguirem levar o dinheiro, retornaram menos de 24 horas depois para explodir o local. De acordo com o comandante da 2ª companhia do sétimo Batalhão de Polícia Militar, capitão Valter Pinto, trata-se de uma quadrilha interestadual de assaltos a banco e outros três envolvidos no assalto conseguiram fugir.

 

O comandante explica que a dupla foi localizada pois um policial de campana, conseguiu flagrar o retorno dos bandidos e identificar as motos usadas no dia da explosão. “Tínhamos um policial próximo ao local, pois já suspeitávamos que eles voltariam, já que o banco não tomou nenhuma providência para fechar o local após a primeira explosão.  Ele viu eles chegarem nas motos, instalarem os explosivos, e fugirem levando o dinheiro, mas não pôde intervir pois estavam em maioria e armados”, contou o policial.

Após identificar os veículo, a Polícia foi até a casa onde moravam os suspeitos identificados pelo capitão como José Lúcio Pereira Trindade e Cristiane Mendes dos Santos. Com a dupla foram encontrados cerca de R$ 1800 oriundos do assalto, jaquetas com vestígios de pólvora e os dois veículos reconhecidos pela Polícia.

“Eles estavam morando na casa desde fevereiro. José Lúcio é natural de Campo Alegre de Lourdes na Bahia onde também explodiram o banco e já estavam planejando explodir a agência de Bom Jesus. Cristiane é natural de São Paulo e seu marido é suspeito de liderar o bando, mas conseguiu fugir. O material apreendido passará por perícia da Polícia”, acrescentou o capitão.

Os suspeitos foram levados para a delegacia de Bom Jesus. O caso foi entregue à regional e ao Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), que enviou uma equipe para reforçar a investigação e o envolvimento da dupla com uma quadrilha.

 

 

Fonte: Rayldo Pereira / Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais