27.3 C
Jacobina do Piauí
15 de junho de 2024
Cidades em Foco
EsportesGeral

Daniel Alves: “Pep Guardiola queria a Seleção. A CBF não quis”

Pep Guardiola queria ter comandado a Seleção Brasileira na última Copa do Mundo e já tinha até esboçado qual seria sua equipe ideal. A revelação foi feita pelo lateral direito Daniel Alves durante participação no programa Bola da Vez que irá ao ar nesta terça-feira, às 21h30, na ESPN.

“Eu pago porque sou linguarudo, mas eu não conto mentira. E, antes da Copa, o Pep queria treinar a seleção brasileira, mas não quiseram. O Pep falou que queria fazer a gente campeão do mundo, que tinha toda a estratégia para fazer a gente campeão do mundo. Não quiseram, porque falaram que não sabiam se o Brasil ia aceitar. Se a gente não aceita o melhor do mundo, que pode nos fazer melhores… é o que estava falando de ter os melhores do seu lado, é quando você vai crescer, vai evoluir”, revelou Alves.

O nome de Guardiola foi especulado para assumir a Seleção Brasileira após o desastre na última Copa do Mundo. O atual treinador do Bayern de Munique, porém, sempre negou ter recebido qualquer sondagem por parte da CBF, que optou por trazer Dunga para o lugar de Luiz Felipe Scolari.

“Ele jamais falaria isso, porque o Pep é uma das pessoas mais discretas. Primeiro pelo respeito com os outros treinadores brasileiros, e segundo porque ele é assim, não vai falar nunca. Mas ele utiliza as pessoas que estão à sua volta para tentar fazer a ocasião, para tentar cavar a oportunidade. E o Pep, desde que eu estou na seleção, desde que eu trabalho com Pep, ele já tem na cabeça o time da seleção queria para treinar”, comentou Alves.

“A realidade é a seguinte: o Pep é melhor treinador do mundo. É o melhor gestor esportivo que eu vi no futebol. É o cara que revolucionou o futebol, revolucionou um time, revolucionou uma equipe. E a gente tem a chance de ter o cara aqui, sem ter que gastar se o problema é dinheiro, porque a intenção dele era só receber se tivesse o resultado esperado pelo povo brasileiro. E você deixa passar uma oportunidade dessa… você não pensa na Seleção Brasileira”, disse o lateral.

De acordo com o jornal espanhol Ás, a revelação de Daniel Alves vão ao encontro das declarações dadas pelo ex-goleiro brasileiro Julio Sergio após se encontrar com Guardiola em um congresso para treinadores em Munique.

“Se a CBF tivesse feito uma proposta para a Copa passada, ele teria aceitado de imediato. Disse que ganharia o Mundial com Neymar. Guardiola comentou comigo seu sonho de treinar o Brasil em algum momento da carreira e que aceitaria a oferta quando chegasse”, comentou.

Fonte: UOL

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais