24.5 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralPolícia

Suspeito de furtar transformador e deixar moradores sem energia é preso em cidade do Piauí

Fotos: Guarda Municipal de José de Freitas

Um homem foi preso pela Guarda Municipal na noite de domingo (21) após furtar um transformador da Equatorial Piauí na zona Rural do município de José de Freitas, a 54 km de Teresina. Ele estava vestindo uma roupa da Equatorial Piauí e deixou vários moradores da região sem energia.

Segundo a Guarda Municipal, o caso ocorreu no povoado Caiçara, na zona Rural de José de Freitas, por volta das 22h30. A equipe recebeu uma denúncia que um homem suspeito estava vestindo uma roupa da Equatorial Piauí, e que tinha provocado falta de energia na região.

“Chegando ao local específico da denúncia, a guarnição constatou que se tratava do furto de um transformador de energia, e que o suspeito de ocasionar um transtorno imenso a população, estava vestido a farda da empresa Equatorial Energia. De posse de todos os equipamentos possíveis para trabalhar com serviços elétricos de alta tensão, ele já tinha retirado o transformador do poste e colocado dentro de um reboque/carrocinha que seria puxado por um veículo”, informou a Guarda Municipal.

No carro do criminoso foram encontrados vários equipamentos usados para a retirada do transformador. Já o veículo estava com sua placa adulterada por fitas para dificultar sua identificação.

“O suspeito do furto não soube explicar nada daquela situação, com isso, foi dada voz de prisão para o mesmo e conduzido com toda a materialidade para a Central de Flagrante de Teresina e apresentado a autoridade policial que lavrou termo auto de prisão em flagrante”, explicou a Guarda Municipal.

O caso será investigado pela Polícia Civil de José de Freitas. Ao Cidadeverde.com a Equatorial informou que está apurando a situação e que em breve deverá se manifestar sobre o caso.

Por Bárbara Rodrigues / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais