33.7 C
Jacobina do Piauí
14 de julho de 2024
Cidades em Foco
GeralPolítica

Presidente Lula e Lira devem se reunir em reta final para reforma ministerial

Fotos: Ricardo Stuckert

Sob pressão do centrão e com o risco de ver a pauta de seu governo estagnada no Congresso Nacional, o presidente Lula (PT) articula um encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), em mais um movimento para concretizar a entrada de PP e Republicanos na Esplanada dos Ministérios.

A reunião se dará após semanas de especulação e de queda de braço entre os dois políticos.

A expectativa de aliados do governo e do parlamentar é que Lula apresente a Lira cenários possíveis para acomodação dos dois partidos em seu ministério para, num segundo momento, se reunir com líderes das respectivas legendas.

Nas últimas semanas, a ala política do Executivo traçou diferentes hipóteses para esse desenho, desde uma dança das cadeiras entre os atuais ocupantes das pastas até a criação de novos ministérios. Já é certo que os deputados André Fufuca (PP-MA), líder da legenda na Câmara, e Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) serão ministros do governo.

Como a Folha de S.Paulo mostrou, aliados afirmam que Lula deverá bater o martelo sobre essas mudanças até esta sexta-feira (18), já que o presidente embarca para nova viagem ao exterior no domingo.

Além disso, auxiliares do presidente alertam para o risco de estagnação da pauta de interesse do Executivo no Congresso caso o petista adie mais uma vez a definição sobre o desenho da Esplanada dos Ministérios.

Nesta semana, a votação do novo arcabouço fiscal, matéria considerada prioritária para o governo, voltou a ser adiada na Câmara.

Esse encontro também ocorre num momento em que há ruídos entre Lira e Fernando Haddad (Fazenda), após declarações do ministro sobre o “poder muito grande” da Câmara, que contribuíram para azedar o clima entre Executivo e Legislativo.

Fonte: JULIA CHAIB, VICTORIA AZEVEDO, THIAGO RESENDE E CATIA SEABRA, Folhapress

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais