18 de abril de 2024
Cidades em Foco
GeralPiauíPolícia

Polícia divulga foto de 2º suspeito em latrocínio de empresário; já foi condenado por homicídio

Gleison Ferreira Silva - Foto: Divulgação/SPP-PI

A Polícia Civil do Piauí identificou e divulgou a foto do segundo suspeito no envolvimento do latrocínio (roubo seguido de morte) do empresário Petrônio Nunes de Lima, dono de uma casa lotérica, ocorrido nesta quarta-feira (13), no Centro de Teresina. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí, o homem foi identificado como Gleison Ferreira Silva e possui uma extensa ficha criminal.

Segundo a SSP-PI, Gleison Ferreira também responde a cinco processos na Justiça, com duas condenações, pelos crimes de roubo, corrupção de menores, receptação, homicídio e tráfico de drogas.

A polícia informou que segue em diligências para a sua captura e solicita a colaboração da população. Qualquer informação que leve à prisão do suspeito pode ser repassada à Superintendência de Operações Integradas da SSP através do número (86) 99426-0167. O sigilo absoluto é garantido.

Veja ficha criminal de Gleison:

 – Crimes contra o Patrimônio – Roubo Majorado – Crimes contra a Dignidade Sexual – Corrupção de Menores

– Crimes contra o Patrimônio – Receptação

– Crimes contra a vida – Homicídio Qualificado

– Crimes Previstos na Legislação Extravagante – Crimes de Tráfico Ilícito e Uso Indevido de Drogas – Tráfico de Drogas e Condutas Afins

Primeira prisão

Ainda na tarde de ontem (13), Isac da Silvia Nascimento foi preso suspeito de participar da ação criminosa que matou o proprietário da casa lotérica, Petrônio Nunes. Ele teria ajudado na fuga do atirador e um carro foi apreendido.

“O carro desse indivíduo foi visto minutos antes fazendo a volta onde aconteceu o fato, nas imediações da lotérica e depois também quando o indivíduo saiu em fuga. Foi ele que realmente deu a fuga e depois deixou o carro ali nas proximidades da praça do Itaperu, onde foi recuperado e apreendido e devidamente periciado”, destacou o delegado Francisco Baretta, coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Isac da Silvia também é contumaz na prática criminosa e já possui sete processos criminais por roubo e posse de drogas, com três condenações. No momento do crime, fazia uso de tornozeleira eletrônica.

Segundo o delegado Anchieta Nery, diretor de inteligência da SSP-PI, o indivíduo foi preso no bairro Mafrense, zona Norte de Teresina, logo após o crime, onde também foi localizado o veículo modelo Sandero que teria sido usado para a fuga dos criminosos.

O Cidadeverde.com teve acesso a novas imagens que mostram o assalto em uma loteria na Avenida Campo Sales, no Centro de Teresina, que terminou com a morte do proprietário do estabelecimento, Petrônio Nunes de Lima. Vídeos de câmeras de segurança, na parte interna, revelam a violência da ação criminosa, o momento em que o gerente, filho da vítima, é agredido com uma coronhada e cai no chão e o dono da loteria conversa com o atirador e tenta pegar a arma que foi deixada no balcão do caixa, mas perde para o bandido.

Na sequência, a vítima entra em luta corporal e é atingida com um tiro à queima-roupa. Outro vídeo obtido pelo Cidadeverde.com, mostra o atirador mancando de uma das pernas, após o crime.

Por Rebeca Lima e Tiago Melo (TV Cidade Verde) com informações da SSP-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais