18 de abril de 2024
Cidades em Foco
GeralInternacionalNordeste em Foco

Malote roubado na porta de banco teria mais de R$ 60 mil; suspeito alugou carro para criminosos

Foto: divulgação Bepi

Quatro suspeitos de participação no assalto na porta do Banco do Brasil em Teresina foram ouvidos na tarde desta terça-feira (19), na sede do Departamento de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco). Segundo o delegado Odilo Sena, titular do 6º DP, o montante roubado pode ultrapassar R$ 60 mil e o carro usado no crime teria sido alugado por um dos suspeitos ao grupo criminoso.

“Dois ficaram na motocicleta e um ou dois em um veículo branco, do lado de fora do banco. Dois deles investiram contra a pessoa que conduzia o malote e, logo atrás, o segurança que fazia a guarda e recebeu um tiro na perna esquerda, mas o tiro bateu no celular e desvio e ele não sofreu dano físico. Chegou até nós a informação que o valor roubado foi de R$ 62 mil, quantia que ainda vai ser confirmada com o dono dos valores. A gente sabe que tinha R$ 10 mil em cheques e o restante em espécie”, disse Sena.

O delegado disse que, provavelmente, já havia uma pessoa dentro do banco aguardando a chegada do malote.

SUSPEITO ALUGOU CARRO

O coordenador do Draco, delegado Charles Pessoa, diz que há mais suspeitos identificados e as diligências seguem em andamento.

“Estamos ouvindo os conduzidos para individualizar a participação de cada um. Alguns participaram diretamente, se deslocando até a agência e subtraindo valores; outros repassando valores e um deles emprestou o carro para essa prática criminosa, incluindo recebeu uma certa quantia”, explica Pessoa.

Quatro pessoas, incluindo uma mulher, foram conduzidos, nesta terça-feira (19), pelo Batalhão Especial de Policiamento do Interior (Bepi) suspeitos de envolvimento no assalto do malote com R$ 40 mil, na porta do Banco do Brasil, do bairro Piçarra, zona Sul de Teresina. A ação resultou em prisões na Capital e em Timon-MA, além de apreensão de uma arma, um carro e duas motos.

“A prisão do mototaxista e da mulher, bem como a apreensão da arma ocorreram em Timon. Os outros dois foram capturados em Teresina, no bairro Dirceu e na Avenida Maranhão. Eles já são reincidentes. Chegamos até eles por meio do monitoramento dos veículos suspeitos que estavam próximo ao banco. Chegamos no primeiro e depois nos demais”, explica o tenente-coronel Alves.

O carro, de cor branca, usado no assalto foi apreendido e, inclusive, aparece em imagens captadas próximo à agência bancária. O comandante informou que o mototaxista seria responsável por realizar o levantamento, antes da ação criminosa. Ele foi preso ao tentar pegar a arma na casa de um dos suspeitos.

Os suspeitos foram conduzidos para o Draco.

Por Graciane Araújo / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais