33.7 C
Jacobina do Piauí
14 de julho de 2024
Cidades em Foco
GeralPolítica

Joias dadas a Jair Bolsonaro são avaliadas em R$ 5,1 milhões, conclui Polícia Federal

Jair Bolsonaro - Foto: Alan Santos/PR

A Polícia Federal concluiu a perícia nas joias apreendidas pela Receita Federal com uma comitiva do governo Jair Bolsonaro no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, em outubro de 2021. O caso foi revelado pelo Estadão. O conjunto foi avaliado em R$ 5,1 milhões.

A análise foi feita por especialistas do núcleo de perícias em geologia do Instituto Nacional de Criminalística (INC), em Brasília. O laudo foi incluído no inquérito que investiga se o ex-presidente tentou se apropriar indevidamente dos presentes da Arábia Saudita em vez de destiná-los ao acervo da União. O conjunto da marca suíça Chopard, com colar, anel e brincos de diamante, foi avaliado em R$ 4 milhões. O relógio vale em torno de R$ 1 milhão, segundo a perícia.

Inicialmente, o conjunto foi estimado em R$ 16,5 milhões. O Estadão apurou com especialistas em perícia que a diferença de valores pode ter ocorrido porque a avaliação feita pela PF, frequentemente, é objetiva. Ou seja, leva em consideração o valor efetivo dos diamantes. Ficam de fora outros elementos subjetivos que agregam valor e compõem o preço na loja, como o joalheiro que desenhou a peça, a grife que produziu a joia, o lucro que a empresa vai tirar e o custo para venda e com impostos.

A PF apura se houve crime de peculato no caso – uso do cargo para desviar recursos ou bens públicos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Estadão Conteúdo

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais