23.9 C
Jacobina do Piauí
23 de abril de 2024
Cidades em Foco
GeralInternacionalPolícia

Homem é preso suspeito de estuprar e matar cadela em cidade do Piauí

Um homem de identidade não revelada foi preso na tarde desta quarta-feira (03) suspeito de estuprar e matar uma cadela na zona rural da cidade de Miguel Alves, no Norte do Estado. De acordo com populares, o crime teria ocorrido próximo da residência do suspeito. Moradores da vizinhança afirmam ter visto o suspeito cometendo o ato e chamaram a polícia.

De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito é usuário de drogas. Após cometer o crime, o indivíduo teria levado o animal morto enrolado em uma cama de pneu de bicicleta, sendo deixado em uma área de matagal. Tanto o suspeito, quanto as testemunhas e a tutora do animal – que mora na zona rural próximo a vítima – foram para a Delegacia para prestarem depoimento.

Maus-tratos a animais é crime

Quem maltratar cães e gatos pode responder criminalmente. Esse tipo de crime pode ter punição de 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-PI), entre 2022 e 2023, foram 819 casos registrados pelos órgãos de segurança do Piauí – Polícia Militar e Polícia Civil. A maior parte deles, 84,74% foram crimes cometidos em Teresina.

Além de Teresina, Parnaíba (15 casos), União (13 casos), Floriano (9 casos) e Valença (9 casos) fecham a lista das cinco cidades com mais ocorrências registradas deste tipo de crime. O número de registros aumentou após a lei Nº 14.064/2020, que aumentou a pena para quem maltratar cães e gatos.

Como denunciar?

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (SEMARH), disponibiliza o Disque Denúncia através do número (86) 98112-9958, que também atende por meio do WhatsApp. A população pode denunciar qualquer tipo de violência contra animais, com a garantia de anonimato.

Fonte: O Dia

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais