25 C
Jacobina do Piauí
21 de maio de 2024
Cidades em Foco
GeralPolítica

Deputado denuncia que 55 mil pessoas estão sem serviços bancários no Piauí

O deputado João Mádison (PMDB) denunciou que mais de 55 mil pessoas de 13 cidades do Piauí estão sem serviço bancário, após arrombamento de agência no município de Elesbão Veloso ( a 155 km de Teresina). O parlamentar peemedebista anunciou que vai pedir que a Superintendência do Banco do Brasil no Piauí reabra a agência do município de Elesbão Veloso, que está fechada há quase um mês, após um arrombamento no dia 24 de março.

“A agência não atende apenas a população de Elesbão Veloso. Ela beneficia todos os 13 municípios da microrregião e as pessoas têm agora que se deslocar até a cidade de Valença para usar os serviços bancários”, disse o parlamentar.

 

Ele ressalta ainda que a “situação não pode perdurar, pois está causando enormes prejuízos para a população da microrregião, além de prejudicar a economia dos municípios”.

 

João Mádison acrescentou que são 55 mil pessoas privadas de realizar desde as mais simples transações até transações comerciais.
O parlamentar argumenta que o Banco do Brasil tem suas atribuições fomentar o desenvolvimento econômico e o fechamento da agência em Elesbão Veloso inviabiliza essa atividade de estímulo ao crescimento. “Peço que o superintendente não meça esforços para reabrir logo a agência, para que a mesma preste o serviço em sua normalidade”, afirma.

 

O deputado lamentou que a violência, traduzida em diversos assaltos e arrombamentos a agências bancárias e dos Correios, esteja prejudicando os municípios do Piauí. Ele disse que espera uma resposta da Superintendência no BB no Estado.

 

Já o deputado estadual, Rubem Martins (PSB), apresentou na terça-feira passada um requerimento pedindo que a agência bancária de Pio IX fosse reaberta e no mesmo dia esteve reunido com a direção do Banco do Brasil no Piauí. Na tribuna, o parlamentar disse que foi muito bem recebido, mas a resposta que recebeu não foi muita satisfatória.

“Eles disseram que a reabertura será feita de forma paulatina, aos poucos. Infelizmente quem sofre é a população mais pobre, aqueles que dependem do Bolsa Família. O único ponto de atendimento em Pio IX é a agência dos Correios. As pessoas ficam na fila desde a madrugada até o final da tarde. Quem não pode fazer isso tem que ir às cidades vizinhas, gastando o dinheiro que não tem”, frisou Rubem Martins.

 

 

Fonte: Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais